InícioPolíticaO crime compensa no Brasil: STF manda soltar ex-ministro José Dirceu

O crime compensa no Brasil: STF manda soltar ex-ministro José Dirceu

- continua após a publicidade -

Por 3 votos a 1, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (26) suspender a execução da condenação do ex-ministro José Dirceu a 30 anos de prisão na Operação Lava Jato. Com a decisão, Dirceu deverá ser solto. Ele cumpre a pena na Penitenciária da Papuda, em Brasília.

A decisão foi tomada a partir de um habeas corpus protocolado pela defesa de Dirceu.

Votaram pela soltura o relator, Dias Toffoli, e os ministros Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski.

dson Fachin, relator dos processos da Lava Jato no STF, votou contra a concessão da liberdade. A maioria entendeu que o cálculo da pena pode ser revisto e Dirceu pode aguardar em liberdade o julgamento do recurso contra a condenação.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

José Dirceu foi preso no mês passado após ter a condenação confirmada pela segunda instância da Justiça Federal, com base no entendimento do STF, que autorizou a execução provisória da pena, após o fim dos recursos na segunda instância.

Sessão

O julgamento desta terça-feira foi marcado por várias trocas de farpas entre os ministros Dias Toffoli e Edson Fachin, que pediu vista do habeas corpus, mas os demais integrantes da Segunda Turma decidiram encaminhar a votação.

O procedimento não é usual no STF. Em geral, quando integrantes pedem vista de um processo, os demais chegam a adiantar o voto, mas o resultado fica suspenso e não é proclamado.

Em dos trechos do julgamento, ao discordar do voto de Toffoli,  Fachin sustentou que o ministro estaria descumprindo a decisão do plenário que autorizou a prisão após o fim dos recursos em segunda instância.  No entanto, Toffoli divergiu das ponderações e passou a rebater os argumentos de Fachin.

“Mas aí não tem a ver com execução imediata da pena, Vossa Excelência está fazendo um contraponto, eu estou falando A, Vossa Excelência está falando B. Vamos colocar as coisas nos devidos lugares”, disse Toffoli.

Em seguida, Fachin respondeu: “Nós dois estamos entendendo o que nós estamos falando”.

A troca de farpas entre os ministros ocorreu um dia após o ministro Edson Fachin enviar ao plenário, e não à Segunda Turma, o recurso no qual a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva também pedia para suspender a execução da condenação na Lava Jato.

Além de Dirceu, também conseguiram recursos favoráveis na sessão de hoje da Segunda Turma o deputado estadual Fernando Capez (PSDB-SP), a senadora Gleisi Hoffmann e seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo, e o ex-tesoureiro do PP, João Claudio Genu, condenado na Lava Jato.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Palmeiras pode ser campeão brasileiro em três rodadas

Agora, o time alviverde paulista se prepara para receber o Coritiba nesta quinta-feira (6), às 19h (de Brasília), no Allianz Parque, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Festival do Café traz expositores, cursos, palestras e apresentações musicais

Evento será realizado de sexta a domingo (7 a 9 de outubro) no espaço A Fábrica, com entrada gratuita e shows do projeto Choro da Casa, Verônica Ferriani e Luciana Mello

Ladeira abaixo: corrida de carrinhos agita Ribeirão neste domingo

Rotas alternativas no trânsito na zona Sul vão auxiliar motoristas e moradores durante o evento

Cursos do Programa Inclusão Produtiva estão com inscrições abertas

Fabricação de Produtos de Confeitaria e de Pães Doces e Semidoces são os cursos oferecidos

Orquestra Beija-flor da IAS se apresenta na 19ª Feira do Livro de Sertãozinho 

Apresentação será na sexta-feira, dia 7, às 19h30, no palco principal na Praça Mané Gaiola, no Centro
- PUBLICIDADE -