InícioPolíticaLula tende a descer rampa com Dilma no dia 12 após Impeachment

Lula tende a descer rampa com Dilma no dia 12 após Impeachment

- continua após a publicidade -

A prevalecer o cronograma previsto, o ex-presidente Lula tende a acompanhar a sucessora, Dilma Rousseff, na descida da rampa na quinta-feira da semana que vem, dia 12 de maio.

Provavelmente, a presidente será notificada do afastamento na quinta 12, um dia depois da votação no plenário Senado. O plano é descer a rampa do Palácio do Planalto no mesmo dia, acompanhada de ministros, para encontrar uma manifestação com militantes e simpatizantes do PT a fim de reforçar o discurso de golpe.

Segundo um ministro, Lula deverá estar ao lado de Dilma. Mas há no PT quem ache que ele não deveria fazer parte dessa fotografia, que simbolizará a queda do poder.

Em 1º de janeiro de 2011, Lula desceu a rampa com popularidade recorde e sendo abraçado pelo povo.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

No dia 12, será um descida melancólica.

A partir daí, a petista vai reunir na residência oficial da Presidência um pequeno grupo de aliados do qual, oficialmente, não devem fazer parte ministros com sala no Planalto.

Jaques Wagner (Gabinete Pessoal da Presidência), Ricardo Berzoini (Secretaria de Governo) e Edinho Silva (Comunicação Social) cumprirão quarentena –período remunerado em que os ministros não podem exercer atividades profissionais para evitar conflito de interesses–, mas ajudarão “informalmente” o “QG” de Dilma.

Wagner estuda voltar à Bahia no período, enquanto Edinho deve concorrer às eleições para a Prefeitura de Araraquara (SP). Berzoini deve permanecer em Brasília.

Do seleto grupo oficial do Alvorada farão parte aliados como Giles Azevedo (assessor especial da Presidência), José Eduardo Cardozo (Advocacia-Geral da União), Carlos Gabas (Aviação Civil), Tereza Campello (Desenvolvimento Social e Combate à Fome), Alessandro Teixeira (Turismo), além do assessor pessoal da presidente, o jornalista Bruno Monteiro.

Dilma quer que a equipe reúna informações sobre seu governo e trace uma estratégia de enfrentamento para os até seis meses em que deve ficar afastada da Presidência enquanto o Senado julga seu impeachment.

AVIÃO DA FAB

Assessores do Planalto contam com a autorização do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), para que Dilma tenha à sua disposição, durante o tempo em que permanecer afastada, um avião da FAB (Força Área Brasileira), carros, seguranças e essa equipe de assessores, com algo entre 12 e 15 pessoas.

O ex-presidente Lula e dirigentes do PT estimulam que Dilma viaje pelo Brasil –e até a outros países– para denunciar o que chama de “golpe” e a “ilegitimidade” do governo de Michel Temer (PMDB).

Dilma foi aconselhada a deixar o cargo “com dignidade” e aceitou a ideia de descer a rampa do Palácio do Planalto no dia em que deve começar a cumprir seu afastamento do cargo.

Outros detalhes do que está sendo chamado de dia D para a presidente ainda estão sendo discutidos.

A cúpula do PT deve levar militantes do partido e representantes de movimentos sociais para a frente do Palácio do Planalto, em ato de apoio à presidente.

Os petistas querem fazer do ato um momento simbólico para estimular a base social a se manter mobilizada.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Confira a programação da feira do livro de Ribeirão Preto que começa na próxima sexta-feira (19)

A FIL é CONSIDERADA A 7ª MAIOR FEIRA LITERÁRIA DA AMÉRICA LATINA E A 2ª MAIOR DO BRASIL.

Feira do Livro: Começa montagem da estrutura da edição 2022 em Ribeirão Preto

Após dois anos de espera, a 21ª edição da Feira Internacional do Livro já está sendo montada na Praça XV de Novembro

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve
- PUBLICIDADE -