InícioPolíticaEleiçõesSalim Mattar vai comandar a Secretaria de Privatizações

Salim Mattar vai comandar a Secretaria de Privatizações

- continua após a publicidade -

O executivo Salim Mattar, fundador da empresa de locação de automóveis Localiza, aceitou hoje (23) o convite para comandar a Secretaria de Privatizações, que será vinculada ao Ministério da Fazenda no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro. O órgão será responsável pelos projetos de desestatização e desinvestimentos.

A equipe econômica confirmou a informação em nota. “O empresário Salim Mattar aceitou o convite do futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, para assumir a Secretaria-Geral de Desestatização e Desmobilização, que será criada como parte da estrutura do Ministério da Economia no novo governo”, diz a nota.

Anteriormente, o empresário foi sondado para ocupar a Secretaria de Indústria e Comércio – hoje ministério autônomo.

Neto de libaneses, Mattar costuma dizer que muito jovem descobriu como poderia criar o próprio negócio e ter lucros: a partir do aluguel de automóveis. De família grande, ele perdeu o pai precocemente, foi office boy e trabalhou em armazém até ser dono da sua empresa.

Nota

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O comunicado da equipe econômica informa ainda que Mattar é fundador e presidente do conselho da Localiza, uma das maiores locadoras de veículos do mundo, e integrante do Instituto Millenium, fundado por Guedes para promover o liberalismo econômico.

A nova secretaria vai ser responsável pelos desinvestimentos, desmobilização e busca de maior eficiência na gestão dos ativos da União.

Equipe

Mattar vai integrar a equipe econômica do próximo governo que já conta com os nomes de Roberto Campos Neto, que irá para o Banco Central; Roberto Castello Branco, que assumirá o comando da Petrobras; e Joaquim Levy, que vai presidir o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Ontem (22), Guedes também confirmou o professor da Fundação Getulio Vargas (FGV), Rubem de Freitas Novaes, para o comando do Banco do Brasil; Pedro Guimarães, para a Caixa Econômica Federal; e Carlos Von Doellinger para estar à frente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) a partir do ano que vem.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Descendo a ladeira: Botafogo perde mais uma

O Pantera volta a campo agora no dia 27 (domingo), às 11h, quando enfrenta o Oeste no Estádio Santa Cruz, pela quinta rodada da competição.

Hoje é Dia: semana lembra refugiados e Olimpíada

Conheça fatos e datas da semana de 20 a 26 de junho de 2021

165 anos: Apresentação de orquestra sinfônica tem apenas 2 mil visualizações

Sinfônica de Ribeirão fez concerto em homenagem ao aniversário de 165 anos, mas a audiência foi muito pequena.

165 anos: Varejo de RP tem queda de 16%. Temos o que comemorar?

A população e empresários são verdadeiros guerreiros, que lutam com todas as forças para sobreviver e ainda ajudam aqueles que estão em situação mais fragilizada.

165 anos: Theatro Pedro II ganha cores da bandeira de RP no aniversário da cidade

Fachada ficará iluminada de azul e branco até o dia 26 de junho; Orquestra também se apresenta no local em comemoração à data Como homenagem...
- PUBLICIDADE -