Início Política Eleições Confiável? Datafolha: Bolsonaro tem 56% dos votos válidos e Haddad soma 44%

Confiável? Datafolha: Bolsonaro tem 56% dos votos válidos e Haddad soma 44%

- continua após a publicidade -

O Datafolha divulgou nesta quinta-feira (25) a penúltima pesquisa do instituto para as eleições presidenciais deste ano. De acordo com o levantamento, o candidato Jair Bolsonaro (PSL) segue na liderança com 56% dos votos válidos, contra 44% de Fernando Haddad (PT).

Os votos válidos consideram apenas as citações direcionadas para um dos dois candidatos, sem contabilizar os votos brancos, nulos e os indecisos. A contabilização é a mesma utilizada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) no momento da apuração.

Na comparação com a última pesquisa do instituto, divulgada há uma semana, a diferença entre Bolsonaro e Haddad passou de 18 para 12 pontos percentuais.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

No levantamento da última quinta-feira (18), Bolsonaro aparecia com 59 dos votos válidos e Haddad com 41%.

Mulheres puxam a caminhada em apoio a Jair Bolsonaro no centro de Ribeirão Preto.

Com a presença dos votos brancos, nulos e indecisos, o candidato do PSL aparece com o favorito de 48% dos eleitores e o petista foi citado por 38%. Votos brancos e nulos somam 8% e 6% disseram ainda não saber quem vão escolher no próximo domingo (28).

A pesquisa também apurou entre os eleitores a rejeição dos candidatos. Entre os entrevistados, 44% disseram que não votariam “de jeito nenhum” em Bolsonaro e Haddad é preterido por 52%.

Encomendada pelo jornal Folha de S.Paulo e pela TV Globo, a pesquisa ouviu 9.173 eleitores em 341 municípios nos dias 24 e 25 de outubro, tem margem de erro de dois pontos percentuais e nível de confiança de 95%. O levantamento está registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o protocolo BR-05743/2018.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Ribeirão Preto tem leitos sobrando na rede privada e deveria contratar com urgência

Presidente da entidade diz que hospitais de campanha são um erro estratégico e que Ribeirão Preto vive o cenário já experimentado por Manaus

Preso por lavagem de dinheiro do MBL teve cargo no governo Doria

Os presos Alessander Mônaco e Carlos A. de Moraes Afonso são investigados por ocultação de patrimônio, além de lavagem de dinheiro.

Ribeirão Preto e região permanecem com tudo fechado até 02 de Agosto

O grupo formado para administrar a pandemia se mostrou ineficaz, e mostra-se necessário a troca de todos

Confira o calendário para saque em dinheiro do auxílio emergencial

A Caixa anunciou o novo calendário para recebimento da 3ª, 2ª e 1ª parcelas do Auxílio Emergencial. Beneficiários do Bolsa Família já podem sacar o benefício.

Canavial próximo a Jardinópolis se torna cemitério clandestino

Este é o terceiro caso nos ultimo dias.
- PUBLICIDADE -