InícioPolíticadeus Alexandre Moraes determina bloqueio das redes sociais de direita

deus Alexandre Moraes determina bloqueio das redes sociais de direita

Vários sites e blogs esquerdista foram bancados financeiramente com dinheiro publico e por outras vezes com dinheiro de amigos dos amigos, hoje A PF cumpriu mandados em cinco estados e no DF em uma ação direcionada aos bolsonaristas

- continua após a publicidade -

Além de autorização o cumprimento de mandados de busca e apreensão no inquérito das Fake News no STF, o ministro Alexandre de Moraes também determinou o bloqueio das contas nas redes sociais de ativistas de direita.

Moraes alegou que “o bloqueio de contas em redes sociais, (…) é necessário para a interrupção dos discursos com conteúdo de ódio, subversão da ordem e incentivo à quebra da normalidade institucional e democrática”.

Vários sites e blogs esquerdista foram bancados financeiramente com dinheiro publico e por outras vezes com dinheiro de amigos dos amigos, hoje os site e portais de direita, não recebem verba publica e estão sendo perseguidos. e olha que tem quem defende.

A PF cumpriu mandados em cinco estados e no DF em uma ação direcionada aos bolsonaristas

A Polícia Federal (PF) cumpre hoje (27) 29 mandados de busca e apreensão no chamado inquérito das fake news, aberto no ano passado para apurar ofensas e ataques a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). As diligências ocorrem em endereços ligados a 17 pessoas.

Os mandados foram autorizados pelo ministro Alexandre de Moraes, relator do inquérito no STF, e têm por objetivo apurar a existência de esquemas de financiamento e divulgação em massa nas redes sociais de notícias falsas contra autoridades da República. A ordens são cumpridas no Distrito Federal, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso, Paraná e Santa Catariana.

arquivo
- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Na decisão em que autorizou as buscas, Moraes disse haver indícios de que um grupo de empresários tem financiado e coordenado uma estrutura para a produção e disseminação dessas informações falsas e ofensas nas redes sociais. As tratativas se dariam em grupos privados de WhatsApp, motivo pelo qual seria necessária a apreensão de diversos aparelhos eletrônicos para a produção de provas, decidiu o ministro.

Moraes cita laudos periciais da PF que apontam a coordenação de postagens entre ao menos onze perfis no Twitter. O ministro menciona ainda os depoimentos de diversos parlamentares, entre eles os deputados Alexandre Frota (PSDB-SP) e Joice Hasselman (PSL-SP), que acusaram a existência do esquema em depoimento na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) sobre fake news.

ARQUIVO

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Confira a programação da feira do livro de Ribeirão Preto que começa na próxima sexta-feira (19)

A FIL é CONSIDERADA A 7ª MAIOR FEIRA LITERÁRIA DA AMÉRICA LATINA E A 2ª MAIOR DO BRASIL.

Feira do Livro: Começa montagem da estrutura da edição 2022 em Ribeirão Preto

Após dois anos de espera, a 21ª edição da Feira Internacional do Livro já está sendo montada na Praça XV de Novembro

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve
- PUBLICIDADE -