InícioPolíticaCoronavírus: Antes do Carnaval, Bolsonaro decretou situação de emergência nível 3, o...

Coronavírus: Antes do Carnaval, Bolsonaro decretou situação de emergência nível 3, o mais alto na escala. Duvida? Confira as fontes

Então é o Bolsonaro o Irresponsável? Você foi enganado mais uma vez. Confira - O carnaval começou 21 de Fevereiro, Bolsonaro decretou calamidade no dia 03 de fevereiro, mas Maia, engavetou, governadores e TVs, não queriam perder milhões na época. Confira o link das matérias.

- continua após a publicidade -

Dia 03 de Fevereiro de 2020, o Presidente Jair Messias Bolsonaro decretou situação de emergência nível 3, o mais alto na escala. Enviou para o congresso, um Projeto de Lei com regras para a quarentena sanitária, PL essa que foi descartada por Rodrigo Maia.

Não lembra disso? Não? Talvez você que vive chamando Bolsonaro de LOUCO, estivesse mais preocupado com o carnaval, praia, blocos, beijar na boca e folga. Afinal de contas quem é louco mesmo?

Foto Divulgação

O Carnaval começou dia 21 de Fevereiro

Alguns governadores, junto com a extrema mídia, não queriam alarde para não estragar o grande lucro que teriam no carnaval. É fake news? Então confira as matérias publicadas em diversos veículos de comunicação:

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

BBC News Brasil 03/02 : O governo federal decretou por meio de uma portaria publicada nesta terça-feira (04/02) uma situação de emergência no Brasil em meio à epidemia de Coronavírus mesmo sem a confirmação de um caso no país.
Confira a matéria na integra aqui.

ebc

Aqui eles fazem criticas por não termos casos de coronavírus no Brasil, e hoje todos dizem que as medidas de “distanciamento social” é prevenção

UOL 04/02: Mesmo sem caso do novo coronavírus confirmado no Brasil, o governo Jair Bolsonaro reconheceu “emergência de saúde pública em território nacional” por causa do avanço da doença, elevando o grau de risco ao nível 3, o mais alto na escala. O anúncio foi feito nesta segunda-feira, 3 pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.
Confira a matéria na integra aqui.

foto agencia internacional

Aqui eles criticam a possibilidade de empresas perderem dinheiro, até então ninguém se preocupava com “vidas” e agora todos esqueceram os prejuízos. Estranho como as noticias mudam de forma articulada.

G1 04/02: Governo vai decretar estado de calamidade. Empresas já perderam 54 milhões. Principais jornais criticam a medida em suas matérias principais. Confira a Confira matéria na integra aqui.

Folha de São Paulo 04/02: Governo federal decreta estado de emergência para conter coronavírus no Brasil. Bolsonaro também enviou ao Legislativo PL que cria quarentena e torna exames, vacinação e tratamento obrigatórios.
Confira a matéria na integra aqui.

foto internet

No caso especifico de Ribeirão Preto, tivemos grandes eventos em shopping, estádios de futebol e blocos pré carnaval, no carnaval, e pós carnaval.
A pergunta é: Onde estavam todos os preocupados com a PANDEMIA?

foto arquivo

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Rota da Cerveja será retomada neste sábado, dia 27

Conhecida nacionalmente como “terra do chopp”, Ribeirão Preto é sede de várias cervejarias artesanais

Paulistão 2022 veja quando é a estreia do Botafogo

Competição irá começar no dia 26 janeiro e tem previsão para terminar no dia 3 de abril. Na verdade antes do termino já teremos vários lockdown, PREPARA-SE o retorno parte 15

Mesmo aqueles que receberam terceira dose não estão imunizados contra Omicron

Passaporte sanitário sendo exigido, mas a cada dia uma nova cepa surge para exterminar e colocar os menos informados em pânico. Você deu um lado do rosto agora eles batem quanto querem.

Rodobens oferece consórcio com desconto na Open Black

Entre os dias 8 e 30 de novembro, interessados em fazer um consórcio, de imóvel a cirurgia plástica, ganham 10% de desconto na taxa de administração, na Rodobens

Mais 180 oportunidades entre Ribeirão Preto e Sertãozinho

Há oportunidades para design, cozinheira, eletricista, montador, motorista, auxiliar administrativo, entregador, vendedor, empregada doméstica, entre outros.
- PUBLICIDADE -