InícioPolíticaCandidato a vereador do PT é filmado estuprando cadela

Candidato a vereador do PT é filmado estuprando cadela

Esse pessoal da esquerda cada dia surpreendem com uma nojeira nova.

- continua após a publicidade -

O candidato Sandoval Damásio dos Santos, mais conhecido como Sandoval Leão (PT), que concorre a vereador na cidade de Caldas Novas (GO), foi filmado estuprando uma cadela dentro da própria casa, na última segunda-feira (2). A Polícia Civil disse que ele fugiu, segundo informações do G1 GO.

A casa onde o crime aconteceu é alugada, e a cadela pertence ao dono da casa.

Segundo o G1, o flagra foi feito pela filha do proprietário, que chamou o pai e ele filmou a cena de estupro na quitinete. 

“O homem disse que depois que fez o vídeo chegou a gritar com o candidato, agredi-lo, mas a denúncia na polícia foi feita apenas na terça-feira, quando não tinha mais o flagrante. Ouvimos relatos de que ele também foi agredido na quarta-feira devido à repercussão do vídeo e saiu da cidade. Agora, a polícia está a procura dele”, disse o delegado Gustavo Ferreira.

arquivo

Segundo o presidente do diretório municipal do PT, Ciro Tomé Pereira, Sandoval foi expulso do partido e teve uma solicitação de cancelamento da candidatura. Até o momento de publicação desta reportagem, o candidato seguia apto no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -