Início Policial Vai faltar cadeia: Polícia prende secretário de Saúde do DF

Vai faltar cadeia: Polícia prende secretário de Saúde do DF

- continua após a publicidade -

O secretário de saúde do Distrito Federal (DF), Francisco Araújo, foi preso preventivamente na manhã desta terça-feira, 25, no âmbito da Operação Falso Negativo. Conforme a Justiça, houve superfaturamento na compra de testes de detecção da covid-19.

Os agentes cumprem 44 mandados de busca e apreensão em oito Estados, mais o DF, e sete de prisão, entre temporárias e preventivas.

Segundo o Ministério Público do Distrito Federal, o objetivo da polícia é desarticular uma suposta organização criminosa instalada dentro da Secretaria de Saúde do DF, que fraudava a escolha de fornecedores e superfaturava a compra dos testes.

Além disso, os investigadores afirmam que os produtos adquiridos não funcionavam. O prejuízo aos cofres públicos chega a R$ 18 milhões.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Agenda maio/2021 Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto

Sob regência do maestro Reginaldo Nascimento, os projetos Série Concertos Internacionais, Juventude tem Concerto e Ensaio Aberto serão exibidos em live

Faturamento da indústria volta a crescer em março, segundo CNI

Alta foi de 12,7% na comparação com o mesmo mês do ano passado

Secretaria de Esportes quer implantar Programa Forças no Esporte

O programa tem como objetivo promover o desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens, formando cidadãos

Saúde estende vacinação contra Covid em pessoas com 60 a 62 anos

Serão disponibilizadas mais mil vagas para a faixa etária, agendamento já está aberto; vacinação acontecerá na quarta-feira, dia 12 de maio

Covid 19: agendamento para gestantes e puérperas, transplantados, deficiências permanentes e síndrome de Down será aberto nesta terça-feira

Veja como agendar: Para todos os grupos, a vacinação acontecerá na quarta-feira, dia 12 de maio, em 36 postos de vacinação nas unidades de saúde da cidade.
- PUBLICIDADE -