Início Policial Sistema de câmeras no uniforme de policiais será implantado em SP

Sistema de câmeras no uniforme de policiais será implantado em SP

- continua após a publicidade -

A Polícia Militar de São Paulo implantará um sistema de câmeras de registro, para áudio e vídeo, de intervenções no estado. Equipamentos de alta definição serão acopladas ao uniforme dos policiais, na altura do ombro. Dessa forma, todas ações dos profissionais serão gravadas, armazenadas e posteriormente utilizadas, conforme necessidade.

“Ação de interesse policial é a ocorrência despachada pelo Copom [centro de operações da PM], aquela em que ele mesmo atua, por iniciativa própria, ou quando populares acionam”, diz o tenente-coronel Robson Cabanas Duque, 47, gerente do projeto. Na lista dessas ações entram abordagens de suspeitos, transporte de pessoas nas viaturas e atendimentos que pedem criação de boletim de ocorrência.

A tecnologia será implantação em seis unidades, inicialmente —quatro na capital e duas em Santos e Sorocaba. Elas foram escolhidas graças ao índice alto de reclamações contra ações da tropa e grande quantidade crimes de violência doméstica. O 18º batalhão, localizado na Freguesia do Ó, zona norte de São Paulo, é conhecido pelas suspeitas de violência de seus policiais. Os outros Distritos Policiais estão situados na Mooca (zona leste), Capão Redondo e Heliópolis (zona sul).

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A expansão para outras unidades se dará conforme capacidade financeira. A ideia é que, a médio prazo, todo policial de rua do estado use o equipamento.

A princípio, o investimento para a instituição do sistema — que inclui o aluguel de cerca de mil câmeras e serviço para armazenar imagens — é estimado em R$ 5 milhões. A PM da capital paulista possui efetivo de mais de 88 mil mulheres e homens (levando em conta o Corpo de Bombeiros) e orçamento anual de R$ 16 bilhões.

A licitação para aquisição dos equipamentos, provavelmente, será aberta nos próximos dias — depois da conclusão de estudo realizado pelo tenente-coronel Cabanas, baseado em experiências internacionais (nos EUA e Reino Unido) e testes da corporação, que começaram ainda em 2013.

Segundo o policial, esses testes mostraram a efetividade do equipamento nas ocorrências de violência doméstica — seja para produção de provas ou para a inibição da continuação das agressões. “A câmera tem a possibilidade de produzir a prova no local, uma prova muito difícil de se conseguir. O fato de você filmar uma casa com os móveis todos arrebentados, revirados, numa briga, na hora que o juiz vê isso, ele está vendo a prova do que aconteceu.”

Uma preocupação da PM foi criar meios que impedissem o vazamento das gravações, já que isso comprometeria o projeto. Logo, as câmeras não permitirão edição, manipulação, compartilhamento nem exclusão das imagens. Elas só poderão ser concedidas pelo comandante do DP em situações específicas, como ações judiciais. As gravações serão classificadas como secretas. O que impede seu fornecimento até mesmo para requisições usem a Lei de Acesso à Informação.

“É uma ferramenta tremenda para a sociedade, e, para nós, é importante, porque nos interessa a transparência. Ninguém está aqui para esconder vídeo de policial que abusa de sua autoridade, que bate nos outros”, completa Cabanas.

De acordo com o tenente-coronel, a tecnologia melhorará a imagem da PM. “É o sonho de toda a Polícia. Que ela seja considerada pela população uma polícia transparente, legítima, tenha a ‘accountability’ [preste contas]. Nós, na PM hoje, temos dificuldade. Com as coisas que acontecem, temos a imagem péssima, e a gente quer mudar isso.”

“Outra preocupação é permitir que a câmera fique desligada em alguns momentos. A gente só não deixa a câmera ligada 24 horas não por falta de tecnologia, mas você pode arruinar o relacionamento da polícia e da comunidade, e também, a privacidade do policial. A gente precisa garantir o mínimo de privacidade para o profissional.”

O coronel Paulo Adriano Telhada, deputado estadual e ex-comandante da Rota, diz que a instituição do sistema “vem em ótima hora”. Para ele, a tecnologia concede um maior respaldo jurídico ao profissional honesto e desestimula excessos e desvios de conduta. “Toda mudança gera expectativa, geralmente negativa, mas vejo como algo positivo e que deveria ter sido implantado há mais tempo”.

“Diante de tudo que está acontecendo no Brasil, infelizmente, a palavra do policial está caindo em descrédito. Hoje, na maioria das vezes, o juiz, as pessoas, acreditam mais na palavra do ladrão do que do policial. É a realidade.”

Benedito Mariano, ouvidor da Polícia, classifica a implantação das câmeras como importante. “É uma inovação que serve para diminuir os excessos, os abusos de autoridade e também serve de prova para o policial quando for uma ocorrência de legitimidade”.

publicidade
publicidade

Últimas Notícias

Hard Rock Cafe Ribeirão Preto anuncia mais de 100 vagas de emprego

O Job Fair do Hard Rock Ribeirão Preto espera receber mais de dois mil candidatos para a seleção

Inscrições abertas para a edição comemorativa de 20 anos do Voluntários do Sertão.

A próxima edição do projeto acontecerá de 18 a 26 de abril de 2020, em cidade ainda a ser definida.

Devido ao grande sucesso, acontece dia 10 mais uma vivencia de Ho’oponopono

O que é o Ho’oponoponoLiteralmente, na língua havaiana, Ho’o significa “causa”, e ponopono é definido como ...
Darcy Vera expõe vereadores e fala da base política em Ribeirão Preto

Lula de sai: Darcy Vera ganha liberdade

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça tornou sem efeito a prisão preventiva determinada contra a ex-prefeita de Ribeirão Preto (SP)...

Chegada do Papai Noel da ACIRP movimenta cerca de 6 mil pessoas

Parada do Natal Luz Ribeirão aconteceu na noite da terça-feira, dia 3, na Esplanada do Theatro Pedro II

Inscrições para o Sisu vão de 21 a 24 de janeiro; confira o cronograma

Por meio do sistema, instituições selecionam estudantes para a educação superior pública

Instituição Aparecido Savegnago apresenta Quebra Nozes no dia 9

O 1º Espetáculo de Dança e Música da instituição será realizado às 19h30 no Teatro Municipal de Sertãozinho

Santa Helena lança espaço personalizado na nova loja Olianchi Ribeirão

Ambiente será inaugurado em dezembro e trará uma apresentação completa dos produtos da empresa

Shopping Iguatemi promove Feira de Adoção de Animais neste sábado

No próximo dia 7 de dezembro, o Shopping Iguatemi Ribeirão Preto realiza a última edição do ano de sua tradicional Feira de...

Casa da Memória Italiana ganha novas áreas de convivência

Projeto teve início em 2018 e preserva o estilo arquitetônico original do quintal mantendo a distribuição dos espaços
- PUBLICIDADE -