Início Policial Protesto em defesa da Polícia Militar marca sessão

Protesto em defesa da Polícia Militar marca sessão

- continua após a publicidade -

Mais de 350 pessoas, entre policiais militares e representantes de classe, fizeram uma manifestação na noite de terça-feira (21), na Câmara de Ribeirão Preto, em defesa da Polícia Militar da cidade.

O protesto em defesa dos PMs acusados de “espancar” Luana Barbosa dos Reis, de 34 anos, em abril deste ano
Ela morreu cinco dias depois.

A galeria da Casa ficou totalmente ocupada pelos militares que estavam munidos de cartazes e faixas.
Ao fazer uso da tribuna, o coronel da PM, Humberto Corrêa Figueiredo, lamentou o ódio coletivo contra a corporação.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Mas entre os manifestantes estavam também cerca de 40 pessoas contrárias à PM. As galerias ficaram lotadas e faixas foram mostradas durante o ato e fixadas nas paredes.

“Vim para garantir que o policial militar, como ser humano que é, tem a presunção de inocência. Policial também, sendo ser humano, tem direito ao processo legal, com direito à ampla defesa”, afirmou o coronel.

Para o comandante da PM, muitos que estão atacando a polícia não estão preocupados com o caso Luana, e sim em fazer bandeira política.

“É lamentável ouvir que a polícia é assassina, fascista”, disse O coronel, que deixou a tribuna sendo aplaudido pelos oficiais.

Após a fala do coronel e a saída dos policiais, um grupo de manifestantes voltou a gritar palavras de ordem em que defendem o fim da PM. Um manifestante ainda pulou o guarda corpo e entrou no plenário, mas foi contido rapidamente por um segurança.

O vereador Beto Cangussú (PT) se defendeu da tribuna, dizendo que não foi dado a Luana o direito de se defender e que há maus policiais, e não todos, que denigrem a imagem da corporação. Estes, segundo o vereador, são delinquentes como os marginais. “E estaremos sempre a denunciar o meliante que desrespeita a lei”.

E o PT como sempre defendendo os direitos dos que não merecem, e se colocam sempre ao lado dos que se dão a provocar baderna ou levantar bandeiras como fim da PM.
Para estes que assim agem, deveriam assinar um documento abrindo mão de sua defesa mesmo que necessária,

Pedir o fim da PM quando esta cercado de segurança é fácil, queremos ver fazer o mesmo pedido diante da arma de um bandido.

 

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Onde estão os radares neste sábado (16) em Ribeirão Preto

Confira as avenidas com radares móveis em Ribeirão Preto. Velocidades variam entre 60km e 70km.

Sextou: Descubra como preparar Gin & Tônica com chá de frutas vermelhas

Descubra como preparar Gin & Tônica com chá de frutas vermelhas

A partir de hoje! Doria aumenta o ICMS de alimentos, refeições, saúde e diversos outros setores

Para ajustar as contas do Estado de São Paulo em função da pandemia, o governo de João Dória já elegeu quem pagará as contas: os contribuintes e empresários.

Aumento de ICMS em São Paulo começa a valer nesta sexta (15)

Para ajustar as contas do Estado de São Paulo em função da pandemia, o governo de João Dória já elegeu quem pagará as contas: os contribuintes e empresários.

Janeiro especial: Shopping Iguatemi Ribeirão Preto oferece opções para as férias das crianças

Entre os destaques estão a piscina de bolinha, o cinema 6D, os jogos eletrônicos e os Magic Bichos, que permitem um passeio mais alegre pelo shopping.