Início Policial Polícia indicia 16 detidos em protesto em SP por associação criminosa

Polícia indicia 16 detidos em protesto em SP por associação criminosa

- continua após a publicidade -

A Secretaria da Segurança Pública de São Paulo (SSP) informou que os 16 adultos detidos em protesto realizado ontem (4) em São Paulo foram indiciados por associação criminosa e corrupção de menores. No total, 26 pessoas foram detidas, entre elas dez adolescentes, que também passaram a noite na carceragem. Os adolescentes responderão por ato infracional.

Os manifestantes protestaram ontem (4) contra o presidente Michel temer e pediam eleições diretas. De acordo com os organizadores, 100 mil pessoas participaram do ato. A PM não deu estimativas. O protesto transcorreu pacífico, porém ao final a polícia lançou bombas de efeito moral, gás lacrimogêneo e jatos de água.

Em nota, a secretaria informou que, no momento da prisão, os detidos estavam com “uma barra de ferro, câmeras, celulares, toucas, lenços, máscaras e diversos frascos contendo líquidos, que foram enviados à perícia para análise da substância. “Cinco dos jovens carregavam pedras e estilingues em mochilas. Um celular roubado também foi encontrado com um dos adolescentes”, diz a SSP.

Na sua página, nas redes sociais, o Movimento Passe Livre (MPL) diz que os objetos foram “plantados” pelos policiais e que os jovens não são adeptos da tática black bloc.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Famílias

Do lado de fora do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), na capital paulista, parentes aguardavam, apreensivos, por informações dos jovens detidos.

A mãe de uma das jovens, uma estudante de comunicação social de 19 anos, que preferiu não se identificar, disse que a filha foi detida de forma violenta em frente ao Centro Cultural São Paulo, na região do Paraíso, horas antes do início da manifestação. “Fiquei a noite toda aqui, pelo menos me deixaram ver a minha filha. Mas, por 8 horas, não nos davam informações, nem deixavam advogados entrarem”, disse.

A mãe da jovem disse à reportagem da Agência Brasil que ouviu na delegacia que as prisões ocorreram por crimes ligados à tática black bloc, investigados pelo Deic. A secretaria informou que os detidos foram encaminhados ao Deic, uma vez que o departamento apura a conduta de organizações criminosas.

Juno Guerreiro David, advogado de um dos detidos, confirmou que há suspeita por parte da polícia de que os jovens integrem a tática black block. Juno disse que a informação é equivocada, já que seu cliente, que prefere não se identificar, tinha intenção apenas de fotografar o trabalho dos socorristas durante a manifestação. O rapaz tem aproximadamente 20 anos, estuda e trabalha, defendeu o advogado.

Audiência de custódia

Os detidos serão encaminhados, após passarem por exame de corpo de delito, para audiência de custódia, em que se apresentam ao juiz para verificar a necessidade e adequação da continuidade da prisão. “Muito provavelmente, o juiz com um certo discernimento, deve colocar todos em liberdade, uma vez que não há comprovação de que eles lesaram, agrediram alguém, não depredaram patrimônio público”, disse.

O Passe Livre convocou para as 14 horas uma manifestação em frente ao Fórum da Barra Funda, zona oeste, onde serão levados os jovens para a audiência de custódia.

Galeno Amorim é detido em invasão política do MST a estação experimental

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Agenda maio/2021 Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto

Sob regência do maestro Reginaldo Nascimento, os projetos Série Concertos Internacionais, Juventude tem Concerto e Ensaio Aberto serão exibidos em live

Faturamento da indústria volta a crescer em março, segundo CNI

Alta foi de 12,7% na comparação com o mesmo mês do ano passado

Secretaria de Esportes quer implantar Programa Forças no Esporte

O programa tem como objetivo promover o desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens, formando cidadãos

Saúde estende vacinação contra Covid em pessoas com 60 a 62 anos

Serão disponibilizadas mais mil vagas para a faixa etária, agendamento já está aberto; vacinação acontecerá na quarta-feira, dia 12 de maio

Covid 19: agendamento para gestantes e puérperas, transplantados, deficiências permanentes e síndrome de Down será aberto nesta terça-feira

Veja como agendar: Para todos os grupos, a vacinação acontecerá na quarta-feira, dia 12 de maio, em 36 postos de vacinação nas unidades de saúde da cidade.
- PUBLICIDADE -