InícioPolicialPM executado em posto de combustível no bairro Ipiranga

PM executado em posto de combustível no bairro Ipiranga

- continua após a publicidade -

O policial militar Cb Roberto Pereira Abramovinícius, da 2 Cia, do terceiro batalhão, morreu na manhã desta quarta-feira, 21 de junho. Ele foi baleado na cabeça em um posto de combustíveis na esquina das ruas Coronel Américo Baptista e Itajubá, no Ipiranga.

Segundo informações, Roberto Pereira Abramovicius que estava prestando serviço na ROCAN,  foi executado por um homem que estava a pé na Rua Américo Batista.

Segundo testemunhas, o criminoso falava ao celular e, quando chegou perto do PM, sacou a arma e atirou na cabeça, em seguida fugiu, a forma de ação mostra que foi uma emboscada para execução do Cabo.

De acordo com testemunhas, o autor dos tiros fugiu em uma moto roubada no local, que foi abandonada na sequencia.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O policial chegou a ser socorrido:
Segundo a assessoria de imprensa do Hospital das Clínicas (HC), o policial chegou a ser socorrido, mas não resistiu e faleceu às 10h20 na Unidade de Emergência. Ele chegou ao hospital às 10h08, de acordo com a assessoria.

A policia civil e militar cercaram toda região e fazem buscas.
São dezenas de viaturas da PM  e Policia Civil, e helicóptero águia, fazem uma varredura pela região, buscando informações afim de encontrar o assassino.

O policial morto era muito conhecido na cidade e os mais próximos o conheciam pelo apelido de Brahma.

 

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Nova data do Kiss em Ribeirão Preto – Dia 1º de maio de 2022

Os ingressos já adquiridos seguem válidos para a nova data, portanto, não há necessidade de troca ou substituição.

Inscrições para o Sisu começam nesta terça-feira

Prazo para o segundo processo seletivo de 2021 termina no dia 6

Oportunidade de 220 vagas de emprego para diversas áreas

De janeiro a junho deste ano, Ribeirão Preto registrou saldo de 6.955 novos registros em carteira de trabalho, ficando na 6º posição no Estado de São Paulo

GCM recebe 20 armas para uso em patrulhamento

Spark permite imobilizar o infrator sem a necessidade de uso de força
- PUBLICIDADE -