InícioPolicialO PT queria governar o Brasil e não consegue administrar uma penitenciari

O PT queria governar o Brasil e não consegue administrar uma penitenciari

- continua após a publicidade -

A Secretaria de Administração Penitenciária do Ceará confirmou, na tarde de hoje (7), a fuga de 23 detentos da Cadeia Pública de Pacoti, cidade a 122 quilômetros da capital, Fortaleza. A fuga foi de manhã, durante o banho de sol, quando os presos pularam o muro da cadeia e tiveram acesso à área externa. Os procedimentos de busca já foram iniciados na região, informou o governo.

A fuga ocorre justamente em meio a uma onda de violência no Ceará, que já resultou em mais de 120 ataques a prédios públicos, estabelecimentos comerciais e veículos. Esta segunda-feira é o quinto dia consecutivo de ocorrências notificadas.

Por causa da violência, a frota de ônibus do transporte público na capital e na região metropolitana opera abaixo do efetivo normal.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

No balanço mais recente, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social confirmou a prisão de 148 pessoas suspeitas de envolvimento nos ataques.

O governo do estado está transferindo, de forma imediata, 20 detentos considerados líderes de facções criminosas no estado, para penitenciárias federais de segurança maxima. As vagas, num total de 60, foram disponibilizadas pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, após pedido do governador Camilo Santana.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Nova data do Kiss em Ribeirão Preto – Dia 1º de maio de 2022

Os ingressos já adquiridos seguem válidos para a nova data, portanto, não há necessidade de troca ou substituição.

Inscrições para o Sisu começam nesta terça-feira

Prazo para o segundo processo seletivo de 2021 termina no dia 6

Oportunidade de 220 vagas de emprego para diversas áreas

De janeiro a junho deste ano, Ribeirão Preto registrou saldo de 6.955 novos registros em carteira de trabalho, ficando na 6º posição no Estado de São Paulo

GCM recebe 20 armas para uso em patrulhamento

Spark permite imobilizar o infrator sem a necessidade de uso de força
- PUBLICIDADE -