InícioPolicialMulher que chegou a ser presa, por se defender, é assassinada com...

Mulher que chegou a ser presa, por se defender, é assassinada com 20 facadas pelo marido

A justiça brasileira é uma vergonha mundial. Os manos com todos os direitos, enquanto que trabalhador é humilhado. Está é apenas mais uma falha da Injustiça.

- continua após a publicidade -

Viviane Oliveira de Jesus foi assassinada neste sábado (24) com 20 facadas

Longe de ser algo recente, as agressões sofridas por Viviane Oliveira de Jesus, de 36 anos, já causaram até mesmo sua prisão.

Em 2016, ela esfaqueou José Leomar Bezerra de Souza após discutir e ser ferida pelo marido, dizendo que estava “cansada de apanhar”, em Sonora – a 364 quilômetros de Campo Grande.

A cena relatada em depoimento à polícia anos atrás é semelhante à registrada neste sábado, diferindo apenas no resultado. Questionada sobre o que ocorreu em agosto daquele ano, Viviane relatou inicialmente que se relacionava com José há dois anos e que vivia com ele e três filhos de outro relacionamento.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Sobre o convívio, ela relatou que era agredida constantemente pelo marido, principalmente aos finais de semana, mas que sempre retirava as acusações. Assim como no dia da morte de Viviane havia bebida envolvida na discussão, em 2016 ela relatou que as brigas eram causadas em consequência do álcool.

arquivo

Outro ponto em comum, a vítima relatou que as brigas também aconteciam na época porque José Leomar xingava os filhos de Viviane. Especificamente sobre o caso que gerou sua prisão, a mulher relatou que os dois estavam consumindo bebidas alcoólicas e após questionar o motivo do marido ir até a casa do vizinho, os dois começaram a discutir.

Conforme relatado por Viviane, José Leomar puxou seu cabelo e deu diversos socos em seu rosto, logo após a empurrando, fazendo com que caísse no chão. Nesse momento, um de seus filhos teria dito que o homem estaria se aproximando de uma faca.

Se levantando, a mulher disse que conseguiu pegar a faca antes de José e golpeou o marido para se defender. Aos policiais, Viviane disse que não tinha intenção de matar o homem, mas que estava “cansada de apanhar”.

Em depoimento de 2016, a filha de Viviane, à época com 7 anos, relatou à polícia que já havia ouvido José Leomar dizendo que iria matar sua mãe. Outro filho, com 13 anos, respondeu que o padrasto era muito nervoso e implicava constantemente com ele e sua irmã.

Aos policiais, o menino relatou ter ouvido xingamentos de José Leomar, além de ter presenciado a mãe recebendo tapas, socos, puxões de cabelo e ameaças de morte. Até ontem, Viviane respondia ao processo em liberdade com o marido.

Feminicídio – Neste sábado, o cenário prévio da morte de Viviane seguia os mesmos padrões de 2016. A briga começou dentro de casa por causa da senha de um cartão e foi intensificada após uma das filhas da mulher tentar interferir, pedindo para que o homem parasse de gritar.

Conforme a investigação, José Leomar agrediu a menina, de 12 anos, com isso a briga se transferiu para o quintal da casa. Da mesma forma, Viviane pegou uma faca para se defender, mas desta vez o homem conseguiu tomar o objeto de sua mão.

Viviane foi assassinada com 20 facadas e não conseguiu resistir até que o socorro chegasse ao local. Em buscas, a Polícia Civil conseguiu encontrar José, que estava correndo em via pública com roupa e mãos manchadas de sangue.

José Leomar foi preso em flagrante por feminicídio majorado, já que foi praticado em frente à filha da vítima.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Contações de histórias compõem a programação do final de semana do Museu Casa de Portinari

Conheça também a faceta poética de Candido Portinari no Pela Janela (25); on-line e gratuita

Terceira via discute impeachment de Bolsonaro como única forma de derrotar Lula

Com economia e empregos em recuperação, falta de escândalos no governo e popularidade nas ruas em alta, os concorrentes enxergam no impeachment a única forma de barrar Bolsonaro em 2022

Olimpíada de Tóquio: saiba quem são os brasileiros favoritos ao ouro

Judô? Vôlei? Natação? Atletismo? Futebol? De onde virão as medalhas de ouro para o Brasil?

Ribeirão Preto já vacinou mais de 50% da população com a primeira dose

Foram 360.962 pessoas imunizadas com a primeira dose, 112.238 com a segunda e 15. 948 com dose única

120 vagas para cursos gratuitos de qualificação com bolsa-auxílio em Ribeirão Preto

São 60 vagas para o curso de Porteiro e Controlador de Acesso e 60 vagas para o curso de Recepção e Atendimento, os dois com duração de 12 dias
- PUBLICIDADE -