InícioPolicialFim da quarentena nas penitenciarias, Visitas são retomadas

Fim da quarentena nas penitenciarias, Visitas são retomadas

As aulas estão suspensas, os estabelecimentos limitados, eventos proibidos, mas na cadeia a Covid não entra.

- continua após a publicidade -

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), visitas estão limitadas a um período de duas horas e acontecem aos sábados e domingos.

A Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) retomou neste sábado (10) as visitas presenciais em 178 presídios de São Paulo.

Os encontros entre detentos e parentes estava suspenso desde março passado.

As visitas estão limitadas a um período de duas horas e acontecem aos sábados e domingos. O acesso está restrito a apenas uma pessoa por preso.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Caso o visitante seja idoso ou faça parte de algum grupo de risco, como o de hipertensos, a pessoa terá que apresentar comprovante de vacinação completo – com o mínimo de 20 dias desde a 2ª dose ou dose única, quando for o caso.

Visitantes maiores de 18 anos e que não se enquadrem nos grupos com comorbidades não precisam mostrar o comprovante de imunização.

O dificil é visitar aqueles que foram assassinados por muitos que ali estão.
A família e amigos das vitimas não tem o direito a visita.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Anvisa alerta sobre risco de miocardite e pericardite pós-vacinação

A Anvisa informa que os Estados Unidos (EUA) relataram a ocorrência de casos de miocardite (inflamação do músculo cardíaco) e de pericardite (inflamação do tecido que envolve o coração) após a vacinação

Campeonato Esportivo movimenta mais de mil alunos das escolas municipais

Cirem será realizado até a 2a quinzena de dezembro

Assistência Social realizará “V Caminhada Mulher Maravilha” neste domingo

Evento promovido pelo NAEM acontece em referência aos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres

Projeto Guri está com inscrições abertas

Crianças e adolescentes de seis a 18 anos podem aprender a tocar um instrumento musical, sem a necessidade de conhecimento prévio

Fogos de artifício: veterinário explica como proteger os animais durante as comemorações

Especialista explica as possíveis reações dos pets e o que pode ser feito para amenizar o pânico e transtornos causados pelas explosões
- PUBLICIDADE -