InícioPolicialEvento internacional apresenta, em Ribeirão Preto, recentes estudos sobre criminologia

Evento internacional apresenta, em Ribeirão Preto, recentes estudos sobre criminologia

A portuguesa Raquel Matos fala sobre a criminalidade entre mulheres e jovens em seu país

- continua após a publicidade -

Ribeirão Preto recebe nesta quinta-feira (1/8) o 4º Seminário Internacional de Criminologia, que tem como tema central, nesta edição, ‘crime e trajetórias de vida’. O evento é gratuito, ocorre durante todo o dia no auditório principal da Faculdade de Direito da USP de Ribeirão Preto. Como o Brasil não possui graduação em Criminologia (oferecida apenas como disciplina do curso de Direito ou em cursos de pós-graduação), o evento é importante para meio acadêmico, por reunir profissionais do Brasil e de outros países, que apresentam o resultado de seus mais recentes estudos.

Nesse ano, a palestrante convidada internacional é a portuguesa Raquel Matos, Doutora em Psicologia pela Universidade do Minho e Professora Associada na Universidade Católica Portuguesa. Ela está em Ribeirão Preto desde segunda-feira, dia 29.

AS MULHERES E O CRIME

Na noite de terça, Raquel Matos palestrou na OAB-RP, realizadora do evento, sobre “Gênero, Criminalidade e Reclusão: Trajetórias criminais femininas e experiências de mulheres no sistema prisional português”. Além de apresentar detalhes da metodologia utilizada em sua pesquisa, ela falou sobre alguns resultados deste trabalho: as mulheres representam apenas 6,4% da população nas prisões portuguesas e, dentre esse percentual, a maioria têm filhos, estão em prisão preventiva (25,4%) ou são estrangeiras (20,7%). Os principais crimes cometidos são contra a propriedade (32%) ou tráfico de drogas (26%).

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

São poucos os presídios femininos, em Portugal: três em Lisboa, um no Porto e outro no Sul do país. Eles são preparados para receber detentas grávidas e seus filhos até os três anos.

O JOVEM E O CRIME

Nesta quinta (1/8), durante o IV Seminário Internacional de Criminologia, na USP, a conferência de Raquel Matos tem os jovens como foco: “Do conflito à participação social juvenil: oportunidades e desafios para a reintegração de jovens com trajetórias de risco, delinquência e punição”.  A apresentação dela, das 9h30 às 11h30, será a primeira do evento.

O CRIME NO BRASIL

Também apresentam os resultados de seus trabalhos outros cinco respeitados profissionais. Gabriel de Santis Feltran (Doutor em Ciências Sociais pela UNICAMP, Docente da UFSCar e Etnógrafo urbano) apresenta a conferência da tarde: “O ‘mundo do crime’ no Brasil: contribuição das etnografias e trajetórias de vida”.

Em seguida, um workshop será oferecido aos profissionais do setor, com apresentação dos próprios autores dos trabalhos. Eduardo Saad-Diniz (Livre-docente em Criminologia; Docente da FDRP/USP) apresenta o “Embasamento científico da atuação profissional na área de Criminologia: possibilidades e desafios contemporâneos”. Maria Cristina Pellini (Doutora em Psicologia pelo IP/USP; Professora- adjunta da UNIP e membro do CRPSP) fala sobre “Possibilidades e desafios atuais na avaliação psicológica para o porte de arma de fogo: critérios técnicos, limites legais e éticos”. Aline Thaís Bruni (Doutora em Ciências pela UNICAMP; Docente da FFCLRP/USP) apresenta “A legislação sobre drogas: requisitos científicos e consequências criminais”.

E Márcia Andreia Mesquita Silva da Veiga (Doutora em Química pela UFSC, Professora Associada do Departamento de Química da FFCLRP/USP) encerra o evento com o tema “A criminalística e o suporte técnico-científico para a criminologia”.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Dois lotes de parques municipais serão administrados por iniciativas privadas

Gestão e encerramento do contrato (até cinco anos de contrato com a possibilidade de prorrogação por mais cinco anos).

Ribeirão Preto estende abertura do comércio a partir desta sexta-feira, dia 30

Medida se antecipa ao Plano São Paulo. Veja como ficam os horários.

GCMs realizam doação de sangue em Ribeirão Preto

Ação contribuiu com o estoque de sangue do hospital São Lucas; tipos O-, O+ e A - são os mais críticos, com menos da metade das bolsas necessárias

Brasil gera 309 mil empregos formais em junho

Governo deve lançar programas para inclusão de jovens no mercado

Anvisa alerta sobre casos de Guillain-Barré após vacinação

A Anvisa explica que a SGB é um distúrbio neurológico autoimune raro, no qual o sistema imunológico danifica as células nervosas.
- PUBLICIDADE -