InícioPolicialAcidente envolvendo três amigos motociclistas deixa um morto

Acidente envolvendo três amigos motociclistas deixa um morto

A Polícia Militar Rodoviária informou que que os três envolvidos no acidente são amigos e voltavam da cidade de Franca.

- continua após a publicidade -

Júlio Ferreira de 28 anos, morreu, na tarde deste domingo (14), após um acidente envolvendo três motos na rodovia Cândido Portinari, em Jardinópolis.

Segundo a Polícia Militar Rodoviária, a vítima, identificada seguia no sentido a Ribeirão Preto, quando bateu atrás de outras duas motos no Km 324.

Com o impacto, o homem foi arremessado para o canteiro da pista, perto do acesso a Jurucê, e morreu ainda no local do acidente.

A moto foi localizada a cerca de 30 metros de distância do corpo.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Os pilotos dos outros veículos tiveram apenas ferimentos considerados leves, e um deles foi levado para a Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas (HC-UE) e outro até um hospital particular.

A Polícia Militar Rodoviária informou que que os três envolvidos no acidente são amigos e voltavam da cidade de Franca. 

 As causas da batida ainda deverão ser investigadas. 

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -