InícioLazer e CulturaSucesso de público e crítica no Brasil e no exterior, exposição Lágrimas...

Sucesso de público e crítica no Brasil e no exterior, exposição Lágrimas de São Pedro chega a Ribeirão Preto

Confira o lindo vídeo. Instalação do artista baiano Vinícius S.A com 3,5 mil lâmpadas cheias de água simula uma chuva suspensa no ar e convida o público a uma lúdica interação.

- continua após a publicidade -

O Sesc Ribeirão apresenta, de 08 de fevereiro a 5 de abril de 2020, a exposição “Lágrimas de São Pedro”, sucesso de público e crítica no Brasil e exterior. Com passagens pela Alemanha, EUA, capitais brasileiras como Recife, Curitiba, Brasília, Rio de Janeiro e Salvador, e por cidades como Juiz de Fora, Bauru, Campinas, Itapetininga e Rio Claro, a exposição que desembarca em Ribeirão Preto já reuniu cerca de 500 mil visitantes.

“Lágrimas de São Pedro” terá entrada franca e ficará aberta de terça a sexta, das 13 às 22h e de sábados, domingos e feriados, das 9h30 às 18h30. Vinícius estará no Sesc Ribeirão no dia 08 de fevereiro, sábado, das 11 às 12h para um bate-papo com o público.

A instalação é composta por cerca de 3,5 mil “lágrimas” formadas por bulbos de lâmpadas cheios d’água presos por fios de nylon ao teto em diferentes alturas e iluminação específica. Este trabalho, que vem emocionando o público brasileiro, rendeu a Vinícius S.A. o convite para expor em Frankfurt, Alemanha, em março de 2014.

Interação lúdica e poética
“Proponho nesse trabalho a criação de um ambiente onde o espectador penetra, envolvendo-se espacialmente com a obra, possibilitando a interação entre arte e fruidor de maneira mais abrangente. Neste caso é como se tivéssemos o poder de pausar a chuva, uma chuva de gotas grandes, limpas, transparentes, leves e com isso poder contemplar sua beleza, seu poder, seu símbolo, sua necessidade”, afirma Vinícius.

Segundo Alejandra Muñoz, professora de história da Arte da Universidade Federal da Bahia, a obra remete não só à chuva e ao alívio do sofrimento do sertanejo, mas também ao tempo: “A essência de ‘Lágrimas de São Pedro’ é, precisamente, expor a relevância do presente que ultrapassa a acepção meramente temporal e adquire um sentido de dádiva: o presente é um presente, uma graça divina, uma recompensa efêmera ao eterno sofrimento da existência.

As lâmpadas de vidro constituem uma metáfora da abissal diferença entre quem tem tudo e quem tem apenas o agora. E o choro de São Pedro é a única saída para o fim do choro dos sertanejos, para quem o ontem não é lembrança e o amanhã não é promessa de algo mudar. Temos o privilégio de entrar na chuva, mas não podemos ainda sentir o molhar. Estamos situados em uma fresta de tempo suspenso onde o presente é um instante de eternidade.”

Impacto estético e conceitual
Para a crítica de arte Matilde Matos, a exposição “As lágrimas de São Pedro” é, seguramente, a de maior impacto que passou por salões e bienais de vários estados brasileiros.

“O artista soube trazer, com infalível competência, a memória da chuva, a grande benfeitora capaz de aplacar a terrível seca nordestina, mal maior que aflige o nosso Nordeste. Atraente, significativa e bem executada, a instalação de continua incomparável”, afirma Matilde Matos.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Já o Professor Luiz Alberto Freire, Doutor em História da Arte, destaca que a instalação surpreende pela conjunção de estética e conceituação, binômio um tanto raro na arte contemporânea, segundo ele. “Vinícius fala uma linguagem universal, pois a falta de água potável já é um problema no mundo e se agravará mais ainda com a crescente poluição, desmatamento e exaustão dos mananciais aquíferos. Flagelos que garantirão longevidade ao impacto que a criação de Vinícius pretende e consegue causar no fruidor, e que pensamos ser o principal desígnio da arte”, avalia Freire.

Minibiografia do artista
Vinícius Silva de Almeida,1983, vive e trabalha em Salvador. Graduado em Artes Visuais pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia, Vinícius S.A é um artista inquieto. Seu interesse pelas ciências exatas o fez desenvolver uma linguagem própria, que alia o pensamento científico e práticas manuais e de baixa tecnologia a proposições de poéticas visuais poderosas, que, além de estabelecer diálogos com o espectador, traduz a memória e as experiências do artista fazendo de seu processo uma constante investigação de possibilidades estéticas e conceituais do cotidiano.

A exposição “Lágrimas de São Pedro”, sucesso de público e crítica, passou por diversas cidades brasileiras, assim como Frankfurt na Alemanha e Las Vegas nos Estados Unidos. Outras obras do artista também já foram premiadas em renomados Salões e Bienais, a exemplo do “Objeto Óptico #02”, que recebeu o prêmio de residência artística internacional no 15º Salão da Bahia, a instalação “Sorria, você está sendo filmado!”, premiada no Salão Regional de Artes Visuais da Bahia e “O Pulso da Bienal”, importante obra do artista que recebeu menção especial na VIII Bienal do Recôncavo. Participou de duas residências artísticas na Europa, na Holanda e Alemanha.

Vinícius S.A, que é artista representado pela Paulo Darzé Galeria de arte, também integrou diversas importantes publicações, a exemplo do Livro “Escultura contemporânea no Brasil” de Marcelo Campos, ” 50 anos de arte na Bahia” e “Água, reflexos na arte da Bahia” de Matilde Mattos e “30 contemporâneos Brasileiros” de Enock Sacramento. Integrou diversas exposições coletivas, a exemplo das exposições “Ready Made in Brasil” sob curadoria de Daniel Rangel e “Pertencentes” no Museu de Arte Moderna da Bahia.

Serviço


Exposição Lágrimas de São Pedro


Onde: Sesc Ribeirão, Sala de Exposições
Data: 08/02 a 05/04, Entrada Gratuita
Abertura: dia 8, sábado, às 9h30.
Bate-Papo com o Artista: dia 8, sábado, das 11 às 12h.
Visitação: de 9/2 a 5/4, terça a sexta, das 13 às 22h. Sábados, domingos e feriados, das 9h30 às 18h30.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Justiça obriga Globo a publicar direito de resposta a Ana Paula Henkel por ofensas proferidas por Walter Casagrande

Casagrande publicou texto alegando que "uma pessoa intragável, prepotente, arrogante, defensora de armas, que se disfarçou de jogadora de vôlei"

Saúde distribui mais 10 milhões de vacinas para todo o país

De acordo com a pasta, serão distribuídas 4,8 milhões de doses da AstraZeneca, 3,3 milhões da Coronavac e 2,1 milhões da Pfizer.

Oportunidade de emprego: Ribeirão Preto tem 330 vagas em diversas áreas

Confira as opções das funções para vagas e formas de entrar em contato com o contratante. Compartilhe e marque amigos que procuram emprego.

Rayssa Leal, a Fadinha, fatura prata no skate street em Tóquio 2020

Com apenas 13 anos atleta é a mais jovem na história a conquistar uma medalha para o país

De virada Fogão vence o Ituano e cola no G-4

Com a vitória, o Pantera chegou a 16 pontos —mesma pontuação do Ituano, quarto colocado
- PUBLICIDADE -