InícioLazer e CulturaGastronomiaGoverno do Estado Tarcisio Distribuirá 50 Milhões de Litros de Leite em...

Governo do Estado Tarcisio Distribuirá 50 Milhões de Litros de Leite em 2024 para Combater Anemia

- continua após a publicidade -

O Governo do Estado de São Paulo, sob a gestão de Tarcísio de Freitas, anunciou um reforço significativo no programa Vivaleite, que visa combater a anemia por deficiência de ferro entre crianças e idosos de baixa renda. Em 2024, serão distribuídos 50 milhões de litros de leite enriquecido com ferro e vitaminas A e D para beneficiar 284 mil pessoas em situação de pobreza e extrema pobreza em todo o estado.

Sobre o Programa Vivaleite

O Vivaleite é reconhecido como o maior programa de distribuição de leite pasteurizado e enriquecido do Brasil. Com o objetivo de melhorar a saúde e nutrição de crianças e idosos, o programa distribui mensalmente 4,1 milhões de litros de leite. O leite fornecido é especialmente formulado para combater a anemia ferropriva, uma condição que afeta significativamente o desenvolvimento infantil e a saúde dos idosos.

Beneficiários do Programa

O programa atende 284 mil pessoas, incluindo crianças de 6 meses a 6 anos e idosos acima de 60 anos. Os beneficiários são selecionados com base em critérios de vulnerabilidade social e renda, e o leite é distribuído por meio de uma rede de 607 prefeituras conveniadas, 1.500 entidades parceiras e 18 laticínios fornecedores.

Importância do Leite Enriquecido

  • Crianças: O leite enriquecido com ferro, vitaminas A e D, auxilia no crescimento, desenvolvimento intelectual, e no fortalecimento do sistema imunológico. Combate a anemia ferropriva, que pode causar isolamento, déficit de aprendizado e problemas de desenvolvimento.
  • Idosos: Ajuda na manutenção da saúde óssea e fornece proteínas essenciais para a preservação da massa muscular, melhorando a qualidade de vida.

Impacto do Programa

Estudos, como o liderado pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), mostram que uma em cada três crianças de até sete anos no Brasil sofre de anemia por deficiência de ferro. O Vivaleite atua diretamente para reduzir essa estatística, proporcionando uma melhora significativa na saúde e bem-estar dos beneficiários.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Como Acessar o Programa

Para participar do Vivaleite, famílias com crianças de até 6 anos e idosos acima de 60 anos em situação de vulnerabilidade devem procurar o CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) de seu município. Em 2024, a cota de cinco cidades foi aumentada, beneficiando 180 crianças com a distribuição adicional de 2.700 litros de leite por mês.

Conclusão

O aumento na distribuição de leite fortificado demonstra o compromisso do Governo do Estado de São Paulo em combater a anemia e melhorar a qualidade de vida das pessoas em situação de vulnerabilidade. O programa Vivaleite não só fornece um alimento essencial, mas também promove a saúde e o desenvolvimento das crianças e idosos atendidos.

foto – arquivo pessoal

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

🚨 Atentado Contra Trump: O que Você Precisa Saber Sobre a Tentativa de Assassinato em Comício! 🔫

Confira os Videos: O que deveria ser um evento democrático tornou-se um cenário de terror, expondo a fragilidade de nossas sociedades.

A Vergonha da Negligência com Nossos Idosos

Este é um grito de revolta contra a administração de um prefeito insensível e seus vereadores, que preferem fechar os olhos para a realidade dura e cruel que atinge os cidadãos que ajudaram a construir esta cidade.

🌟 Estudante de Odontologia Coroa a Festa do Peão de Barretos 2024 🌟

🎉 Veja como Rebecca Almeida conquistou o título de rainha em grande estilo! 🎉

Cabeça de Ozempic: o remédio pode deixar a cabeça maior? Entenda

O termo "cabeça de Ozempic" viralizou nas redes sociais após diversas celebridades aparecerem mais magras, mas com a cabeça desproporcionalmente maior em relação ao corpo.

Mitos e verdades sobre o consumo de bebidas alcoólicas e o desenvolvimento de câncer

Segundo relatório da American Association for Cancer Research (AACR), o consumo de bebida alcoólica ocupa a terceira posição nas causas de tumores, perdendo apenas para o tabagismo e o excesso de massa corporal.
- PUBLICIDADE -