InícioLazer e CulturaClássicos dos anos 80 e 90 embalam a sexta-feira no Shopping Iguatemi

Clássicos dos anos 80 e 90 embalam a sexta-feira no Shopping Iguatemi

- continua após a publicidade -

Uma das bandas mais populares de Ribeirão Preto, Os Outros é a atração do happy hour nesta sexta-feira (27), no Shopping Iguatemi Ribeirão Preto. O projeto Sound Open Air traz o show do grupo que há mais de 20 anos atua no cenário musical local.

Com grandes clássicos nacionais e internacionais dos anos 80 e 90, a banda Os Outros vai agitar o público, a partir das 19h, no Open Mall do empreendimento. Promovido pelo Shopping Iguatemi Ribeirão Preto o projeto Sound Open Air traz, a cada semana, uma atração musical especial que tem como objetivo embalar o clima de happy hour. A entrada é gratuita.

Programe-se

Projeto Sound Open Air – Os Outros

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Quando: 27 de abril

Local: Open Mall do Shopping Iguatemi Ribeirão Preto

Horário: 19h

*Entrada gratuita

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Chile avalia a necessidade de terceira dose de Coronavac

Especialistas analisam estudos científicos para tomar decisão

Banco de Sangue de Ribeirão Preto alerta para falta de sangue O e A negativos

Unidade conquistou selo Covid Free de Excelência, que é concedido às instituições que mantêm boas práticas preventivas para o enfrentamento da doença

Vacinação: Agendamento para pessoas com 43 a 59 anos será aberto nesta quarta-feira (23)

Serão disponibilizadas 21 mil vagas; vacinação acontecerá na sexta-feira, sábado e segunda-feira, dias 25, 26 e 28 de junho

Receitas de sopas e caldos para fortalecer a imunidade nesse inverno

Gripe, asma, bronquite, sinusite e até pneumonia costumam ser mais comuns nessa época do ano - além de ainda estarmos em pandemia, sempre com o risco de contaminação do vírus da Covid-19.

Brasil antecipou mais de 16 milhões de doses de vacinas

Tem governador de calça colada, fazendo campanha dizendo que esta adiantando a vacinação, só não conta que isso é possível por conta do governo federal
- PUBLICIDADE -