Início Lazer e Cultura Artistas premiados do 42º SARP são divulgados

Artistas premiados do 42º SARP são divulgados

- continua após a publicidade -

O 42° SARP, Salão de Arte de Ribeirão Preto Nacional-Contemporâneo, um dos mais tradicionais e importantes do Brasil, começa somente no dia 4 de agosto, mas já conhecemos os três artistas premiados e sabemos que suas obras ficarão para o acervo do Museu de Arte e Ribeirão Preto Pedro Manuel-Gismondi (MARP).

O museu recebeu 358 inscrições de artistas de vários lugares do Brasil, selecionando 31, dentre eles estão o Gabriel Botta, Renato Pera e Rodrigo Linhares, os três selecionados que irão receber um prêmio aquisitivo no valor de R$ 8,5 mil cada, sendo que os artistas premiados estarão automaticamente agendados para realizar uma exposição no MARP, durante o primeiro semestre de 2018.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Fizeram parte da comissão de seleção Nilton Campos, diretor do MARP, Regina Teixeira de Barros, curadora da Pinacoteca do Estado de São Paulo e que já participou da seleção do SARP em 2011, e Leda Catunda, jurada do SARP em 2003 e 2012 e a artista com mais obras doadas para o acervo do MARP.

O SARP é uma exposição que fomenta a promoção da produção artística contemporânea, além de desempenhar um importante papel na formação cultural da população, com a possibilidade de acesso às exposições.

A secretária da Cultura, Isabella Pessotti, falou sobre a importância que o SARP tem para Ribeirão Preto dentro do cenário artístico e cultural nacional. “A grande procura dos artistas para participar do SARP mostra a repercussão nacional que o salão tem. Essa troca traz para os ribeirão-pretanos o que há de mais moderno na produção artística, além de fomentar a produção cultural da nossa cidade”, explica Isabella.

Nilton Campos afirma que a seleção permite ter um panorama da qualidade dos projetos inscritos, além de selecionar os três trabalhos que serão premiados. “Os artistas premiados sempre voltam para expor no ano seguinte. Então, o prêmio funciona como um incentivo de produção para os artistas que são premiados e que irão voltar para Ribeirão Preto”, explicou Nilton.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Esta premiação é uma forma de o MARP adquirir obras de qualidade e enriquecer o seu acervo. Outra forma de aquisição é através da doação que é analisada por uma comissão.

MARP

O prédio onde está instalado o MARP foi construído no início do século passado para ser a primeira sede da Sociedade Recreativa de Ribeirão Preto. O Baile inaugural da Sociedade Recreativa aconteceu em 31/12/1908.

Em 1956, a antiga sede da Sociedade Recreativa, após reforma efetuada pela Prefeitura, passa a ser ocupada pela Câmara Municipal de Ribeirão Preto, que funcionava desde 1917 no Palácio Rio Branco, juntamente com a Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto.

Após uma grande reforma, foi inaugurado em 22 de dezembro de 1992, o MARP. Com o objetivo de reunir todo o acervo de artes plásticas da Prefeitura, obras do SARP (Salão de Arte de Ribeirão Preto) e do SABBART (Salão Brasileiro de Belas Artes), adquiridas pelo poder público, bem como obras doadas, como o conjunto de obras dos artistas Leonello Berti e Nair Opromolla, e também promover a recuperação do acervo.

Em 2000, o MARP recebeu o nome de Pedro Manuel-Gismondi, um italiano que adotou Ribeirão Preto como morada e se dedicou a estudar, entender, lecionar e divulgar a história da arte brasileira.

Serviço

42° SARP – Salão de Arte de Ribeirão Preto Nacional-Contemporâneo

Local: Marp

Endereço: Barão do Amazonas, nº 323

Período da mostra: 4 de agosto a 19 de maio

Visitação: de terça a sexta-feira, das 9h às 18h, sábados e feriados (exceto segundas-feiras e domingos), das 12h às 18h

Informações: (16) 3635-2421

Artistas Selecionados

·                   Adolfo Emanuel (de Cornélio Procópio-PR; vive e trabalha em Londrina-PR)

·                   Antonio Pulquerio (de Campos Sales-CE; vive e trabalha em São Paulo-SP)

·                   Brisa Noronha (de Belo Horizonte-MG; vive e trabalha em São Paulo-SP)

·                   Caio Marcolini (de Niterói-RJ; vive e trabalha no Rio de Janeiro-RJ)

·                   Célia Aloi (de Ribeirão Preto-SP; vive e trabalha em Ribeirão Preto-SP)

·                   Edgar Racy (de São Paulo-SP; vive e trabalha em Cotia-SP)

·                   Felipe Ferraro (de São Paulo-SP; vive e trabalha em São Paulo-SP)

·                   Francisco Horta Maranhão (de São Paulo-SP; vive e trabalha em São Paulo-SP)

·                   Gabriel Botta (de São Paulo-SP; vive e trabalha em São Paulo-SP)

·                   Guilherme Tavares (de Santo André-SP; vive e trabalha em São Paulo-SP)

·                   Hermano Luz (de Recife-PE; vive e trabalha em Brasília-DF)

·                   Ivan Padovani (de São Paulo-SP; vive e trabalha em São Paulo-SP)

·                   Junior Suci (de Americana-SP; vive e trabalha em São Paulo-SP)

·                   Kátia Fiera (de São Paulo-SP; vive e trabalha em São Paulo-SP)

·                   Lara Chang Valente (de São Paulo-SP; vive e trabalha em Botucatu-SP)

·                   Leandra Espírito Santo (de Volta Redonda-RJ; vive e trabalha em Jundiaí-SP)

·                   Liliana Alves (de Itajubá-MG; vive e trabalha em Sorocaba-SP)

·                   Luca Parise (de Paris-França; vive e trabalha em São Paulo-SP)

·                   Lula Ricardi (de São Paulo-SP; vive e trabalha em São Paulo-SP)

·                   Margarida Holler (de São Paulo-SP; vive e trabalha em Jacareí-SP)

·                   Mariano Barone (de Santa Fé-Argentina; vive e trabalha em São Paulo-SP)

·                   Norma Mobilon (de Campinas-SP; vive e trabalha em São Paulo-SP)

·                   Osvaldo Carvalho (Do Rio de Janeiro-RJ; vive e trabalha no Rio de Janeiro-RJ)

·                   Renato Pera (de São Paulo-SP; vive e trabalha em São Paulo-SP)

·                   Rodrigo Linhares (de Bento Gonçalves-RS; vive e trabalha em São Paulo-SP)

·                   Samuel Oliveira (de Piracema-MG; vive e trabalha em Belo Horizonte-MG)

·                   Sandra Mazzini (de São Paulo-SP; vive e trabalha em São Paulo-SP)

·                   Sérgio Pinzón (de Bogotá-Colombia; vive e trabalha em São Paulo-SP)

·                   Simone Fontana Reis (de São Paulo-SP; vive e trabalha em São Paulo-SP)

·                   Talles Lopes (Do Guarujá-SP; vive e trabalha em Anápolis-GO)

·                   Ulysses Boscolo (de São Paulo-SP; vive e trabalha em São Paulo-SP)

 

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Setembro termina quente e outubro começa um forno

A frente fria já se afastou e é o ar seco e quente que está ganhando força novamente sobre o Brasil. A temperatura está em elevação.

Chegada do Pix impulsiona surgimento de novos bancos

A modernização do Sistema Financeiro Nacional prevista para novembro, e encabeçada pela chegada de inovações como Pix (pagamento instantâneo) e open banking

Vote: Com quem o próximo prefeito de Ribeirão Preto deve estar alinhado?

Com qual política você espera que o próximo prefeito de Ribeirão Preto esteja alinhado? Vote na enquete e informe a sua opinião.

PF realiza operação contra desvio milionário no SUS

Entre os crimes investigados pela Justiça estão peculato e falsidade ideológica

Câmara aprova ampliação de validade de CNH para 10 anos

Quanto à pontuação: estabelece uma gradação de 20, 30 ou 40 pontos em 12 meses