Início Lazer e Cultura A emoção está presente no novo clipe de Juliano Cezar

A emoção está presente no novo clipe de Juliano Cezar

Chega nesta sexta-feira, dia 4, clipe de Travadinho como forma de homenagem ao cantor - faixa faz parte do projeto Cowboy Vagabundo Pelo Brasil.

- continua após a publicidade -

Existem cantores que se tornam a personificação do gênero musical do qual eles escolheram para cantar. E Juliano Cezar é um deles.

O Cowboy Vagabundo é sinônimo direto de música sertaneja e sua música estará eternamente em nossos corações e será sempre trilha sonora de bons e importantes momentos de nossas vidas.

Ao partir, o artista deixou um DVD inédito pronto para ser lançado.

E pinçado desta obra, saiu uma bonita homenagem para marcar a triste data de um ano da morte do sertanejo. Será lançado, nesta sexta-feira, dia 4, o clipe da música Travadinho.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A faixa também estará disponível em todos os aplicativos de música.

Composta por Leonardo de Sousa, Allef Rodrigues, João Roas, Wanderley Batista, Abel de Assis, Thawan Alves, Antonio Avelar, Guilherme Amaral e Guilherme de Andrade, Travadinho faz parte do último DVD do Juliano Cezar – Cowboy Vagabundo Pelo Brasil. O vídeo conta com a participação de Reinaldo Meirelles e quem assina a produção musical é Ivan Miyazato.

O instrumental é leve e a melodia bem gostosa de ser ouvida. Baladinha especial pra dançar. A letra conta a história de um camarada que está no bar, tomando umas e outras, sofrendo pelo amor não correspondido. “Você que me deixou desse jeito, travadinho travadinho. Fui descendo pinga no meu peito”, canta o marcante e emocionante refrão.

Não tem como não se emocionar ao assistir o clipe de Travadinho.

A figura de Juliano Cezar no meio do palco, cantando os versos fazem com que os fãs tenham uma viagem de volta para o passado, antes do fatídico dia 31 de dezembro de 2019 e rememorem todos os lindos momentos do Cowboy fazendo seus shows pelo Brasil. Com certeza um lançamento de extrema emoção. O cantor era a prata da casa do escritório artístico Explosion Music e durante muito tempo foi o artista mais importante do cast.

Apaixonado por música country, o cantor foi um dos primeiros a adaptar o estilo à música do campo brasileira, criando o country sertanejo. E foi só em 1990 que Juliano Cezar conseguiu lançar o primeiro disco oficial da carreira. O investimento resultou em sucessos como “Não Aprendi Dizer Adeus”, canção que anos mais tarde foi regravada pela dupla Leandro e Leonardo.

O sucesso rendeu a ele o prêmio Sharp de melhor cantor revelação em 1990, além de shows em todas as regiões do país. E a partir daí vieram outros hits românticos como “Rumo à Goiânia” (de 1991), “Bem aos Olhos da Lua” (de 1997), “Faz Ela Feliz” (1998) e “Malvada” (2002), distribuídos em 13 discos de carreira. “Cowboy Vagabundo”, dá nome ao disco lançado em 2000, que levou o cantor à indicação ao prêmio de melhor álbum romântico pelo Grammy Latino, uma das mais importantes premiações musicais do mundo.

Travadinho nas Redes Sociais

Link PRE-SAVE: https://ps.onerpm.com/travadinho
Link YOUTUBE: https://youtu.be/Pi9ZlrASSLM
Facebook: https://www.facebook.com/CantorJulianoCezar/
Instagram: https://www.instagram.com/julianocezaroficial/
Youtube: http://www.youtube.com/c/JulianoCezarCantor

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com R$ 166 milhões em caixa, prefeitura gastou 0,65% com medicamentos para Covid

Quebrar o pequeno comerciante e fazer obras faraônicas, é a marca deste prefeito que se mostra um capacho do governo de SP

Ribeirão Preto abre hoje (17) agendamento para 2ª dose da CoronaVac em idosos de 69 a 71 anos

Cadastro pode ser feito pela internet ou por telefone. Ao todo, são 13,1 mil vagas disponíveis.

Novos exames mostram que câncer se espalhou pelo corpo de Covas

O câncer atingiu fígado e ossos, em 2019 foi descoberto um tumor no estômago, mas sofreu metástase e se espalhou

Ribeirão Preto já aplicou mais de 133 mil doses de vacina contra a Covid-19

Aproximadamente 47 mil munícipes, entre profissionais da saúde e idosos, já receberam a segunda dose da imunização

Fase Doria: Nem laranja, nem vermelha. Medo de sair do armário

A fase Doria é aquela que não sai do armário, não é vermelha e não é laranja, mas como quarentena só aumentou os casos, eles decidiram voltar voltar atrás, mas não muito
- PUBLICIDADE -