Início Esportes Rodrigo do Nascimento é vice-campeão Brasileiro de Estrada

Rodrigo do Nascimento é vice-campeão Brasileiro de Estrada

- continua após a publicidade -

Rodrigo do Nascimento conquistou, no último domingo, mais um expressivo resultado para a Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto (São Francisco Saúde/Klabin/SME). Especialista em Campeonatos Brasileiros, ele completou os 185 quilômetros da prova de Estrada em segundo lugar e sagrou-se vice-campeão do torneio mais importante da temporada, disputado em Maringá-PR.

O ribeirão-pretano terminou a corrida em 4h45m09s, apenas 45 segundos atrás do campeão Roberto Pinheiro (São José dos Campos). Caio Godoy, também de São José dos Campos, fechou o pódio na terceira posição.

“O Rodrigo tem a tradição de se preparar muito para Brasileiros e alcança sempre resultados muito expressivos e importantes. Foi uma prova duríssima, de ritmo muito forte, mas ele estava bem, já tinha ficado em quarto lugar no contrarrelógio e trouxe mais uma medalha muito valiosa para Ribeirão Preto”, celebrou o técnico Marcelo Donnabella.

Rodrigo do Nascimento é, inclusive, responsável por boa parcela das conquistas da Equipe na competição mais importante do Brasil. Ao todo, Ribeirão Preto soma, após a edição de 2017, 16 medalhas em edições do Campeonato Brasileiro. Seis são dele. Em 2013, primeiro ano com a camisa do time, Rodrigo sagrou-se Campeão Brasileiro na Estrada. Seu segundo título nacional, já que em 2009 havia vencido o Contrarrelógio por outra equipe. Em 2016, conquistou o título pela terceira vez, a segunda por Ribeirão: novamente no Contrarrelógio.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O ribeirão-pretano é um dos dois únicos ciclistas na história do País a “unificar” os títulos brasileiros nas duas modalidades. Além das conquistas douradas em 2013 e 2016, tem uma prata (2014) e dois bronzes (2013 e 2015) no Contrarrelógio e, agora, a prata também na Estrada (2017).

Mais pódios

Em 2017, dos seis atletas que subiram ao pódio pela Elite, categoria principal do Campeonato Brasileiro, três são da Equipe de Ribeirão Preto. Além de Rodrigo na Estrada, Cristian Egídio sagrou-se vice-campeão e Maurício Knapp ficou em terceiro lugar da prova de contrarrelógio, na quinta-feira (24). Magno Nazaret (São José dos Campos) foi o campeão.

O time comandado por Donabella ainda beliscou outros cinco lugares no “top-5” do Nacional. Cristian Egídio fechou a corrida na estrada em quarto lugar, mesma posição de Nascimento no Contrarrelógio. Pela categoria anterior, o Sub-23, Atíllio Fetter e Lucas Motta ficaram em quarto e quinto lugares, respectivamente, também no Contrarrelógio.

A Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto tem como patrocinadores a São Francisco Saúde, Klabin, Specialized e Usina Batatais, copatrocinadores a Passaredo e AOO Energia e o apoio da Secretaria Municipal de Esportes de Ribeirão Preto, Botafogo Futebol Clube, Clínica Collucci, Savegnago Supermercados, Cuida Bem, Santa Helena, ERT Uniformes, Goal Projetos, Passalacqua, Nutrigesso, OCE, Riberball, Balões Pic-Pic, TGM e Nacional Inn. Apoio institucional Lei de Incentivo ao Esporte.

 

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Botafogo empata com o Palmeiras no Santa Cruz

Com o resultado, o Tricolor completou o terceiro jogo de invencibilidade e agora soma seis pontos. Assim, o Pantera ocupa a 12ª colocação

Parede falsa escondia respiradores novos em hospital dizem funcionários

Em Ribeirão Preto menos de 1% do dinheiro enviado pelo gov. Federal foi usado, estados com respiradores comprados em adega, e proibição do tratamento precoce. A morte é um grande negocio.

Com R$ 166 milhões em caixa, prefeitura gastou 0,65% com medicamentos para Covid

Quebrar o pequeno comerciante e fazer obras faraônicas, é a marca deste prefeito que se mostra um capacho do governo de SP

Ribeirão Preto abre hoje (17) agendamento para 2ª dose da CoronaVac em idosos de 69 a 71 anos

Cadastro pode ser feito pela internet ou por telefone. Ao todo, são 13,1 mil vagas disponíveis.

Novos exames mostram que câncer se espalhou pelo corpo de Covas

O câncer atingiu fígado e ossos, em 2019 foi descoberto um tumor no estômago, mas sofreu metástase e se espalhou
- PUBLICIDADE -