InícioEsportesOlimpíadasBrasil goleia Dinamarca classifica em primeiro e cala boca de Galvão Bueno

Brasil goleia Dinamarca classifica em primeiro e cala boca de Galvão Bueno

- continua após a publicidade -

Sabe aquela Seleção que não fazia gols? Marcou quatro.
E o time que jogava mal e estava prestes a ser eliminado?
Agora tem a melhor defesa da Olimpíada e está as quartas de final.

Mas. E as vaias?
Na Fonte Nova, foram ouvidas só quando a Dinamarca tinha a bola. Tudo mudou e, enfim, o Brasil “estreou” na Rio-2016. Com grande atuação e goleada por 4 a 0, em Salvador, a equipe canarinho deu mostras de que, sim, pode brigar pelo inédito ouro olímpico.

Porém, se por um lado há novidades, por outro um filme se repete. Líder do Grupo A, a Seleção reeditará o duelo de quartas de final da Copa do Mundo, diante da Colômbia, sábado, às 22h, na Arena Corinthians.

Mais do que alterações táticas ou melhora em fundamentos técnicos, a grande mudança do Brasil na noite desta quarta-feira foi a sinergia entre jogadores e torcida.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Se nos dois jogos em Brasília criou-se um ciclo vicioso de pressão das arquibancadas e futebol ruim que só crescia com o passar do tempo, na capital baiana o “axé” foi outro.
Mesmo não marcando o gol no início, a Seleção teve o apoio das arquibancadas e demonstrou que sentiu isso.
Quando a rede finalmente balançou, aí as bolas entraram aos montes e houve até grito de “o campeão voltou”.

As trocas de Rogério Micale também surtiram efeito O emocional teve um peso enorme na reação, mas o treinador teve sua parcela de importância. Ele decidiu sacar Felipe Anderson e escalar Luan, deixando o Brasil com quatro atacantes. Neymar ficou mais centralizado, com os outros três homens de frente atrás dele, num 4-2-3-1 em que todo mundo se mexia quando o time tinha a posse de bola.

Gabigol foi o responsável por abrir e fechar a porteira. Jesus desencantou. Luan também marcou o dele.

E Neymar? O gol não saiu, mas o capitão teve grande atuação, distribuindo dribles e bons passes.
O reconhecimento veio com abraço apertado de Micale no fim do jogo.

A mudança, tão esperada, veio. Que fique! Faltam três passos para o sonho dourado.

FICHA TÉCNICA
DINAMARCA 0 X 4 BRASIL
Local: Arena Fonte Nova, Salvador (BA)
Data-Hora: 10/8/2016 – 22h
Árbitro: Alireza Faghani (IRÃ)
Auxiliares: Reza Sokhandan (IRÃ) e Mohammadreza Mansouri (IRÃ)
Público/renda: Não disponíveis
Cartões amarelos: Maxso (DIN), Gabriel Jesus (BRA)
Cartões vermelhos: –
Gols: Gabigol (26’/1ºT) (0-1), Gabriel Jesus (39’/1ºT) (0-2), Luan (4’/2ºT) (0-3) e Gabigol (35’/2ºT) (0-4)

DINAMARCA: Jeppe Hojbjerg; Mikkel Desler (Kasper Larsen, aos 18’/2ºT), Pascal Gregor, Eddi Gomes e Jakob Blabjerg; Andreas Maxso, Jens Jonsson, Fredrik Borsting (Mathias Hebo, aos 38’/2ºT) e Lasse Vibe; Jacob Larsen e Brocx-Madsen (Robert Skov, no intervalo). Técnico: Niels Frederiksen.

BRASIL: Weverton; Zeca (William, 28’/2ºT), Marquinhos (Luan Garcia, aos 38’/2ºT), Rodrigo Caio e Douglas Santos; Walace e Renato Augusto (Rodrigo Dourado, aos 33’/2ºT); Luan, Gabigol, Neymar e Gabriel Jesus. Técnico: Rogério Micale.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

PREVISÕES DO TAROT EM JULHO DE 2022

As previsões para Julho de 2022, trazem transformação nas finanças, amor, relação familiar

Vice de Lula tem novamente bens bloqueados pelo Ministerio Publico

Justiça Eleitoral determina bloqueio de R$ 11,3 milhões em bens de Geraldo Alckmin no caso Odebrech

Multas no corredor de onibus da Vargas começa nesta Segunda-feira (4)

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro, transitar pela faixa exclusiva de ônibus é considerada infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Congresso mundial online reunirá milhões de pessoas para falar sobre “paz”

Como sentir paz e tranquilidade apesar dos desafios provocados pelo aumento do custo de vida, da violência, dos desastres naturais, do ódio e das guerras?

Cai quem quer: Rio de Janeiro confirma quinto caso de varíola dos macacos

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro confirmou hoje (29) o quinto caso de varíola dos macacos (monkeypox) no estado. Segundo nota divulgada pela...
- PUBLICIDADE -