InícioFutebolBotafogoEdno pede rescisão de contrato e deixa o Botafogo

Edno pede rescisão de contrato e deixa o Botafogo

- continua após a publicidade -

O atacante Edno não faz mais parte do elenco botafoguense. Nesta segunda-feira (28), o atacante conversou com a diretoria tricolor e pediu a rescisão de seu contrato, que iria até o final do Paulistão 2018.

– Estou tendo a oportunidade de defender o América-MG, uma equipe que vem muito bem na Série B do Brasileiro e posso voltar a jogar uma Série A de Brasileiro no próximo ano. Tenho 34 anos e é uma oportunidade muito boa para a minha carreira. Sei que muitos vão dizer que sou mercenário, mas todo atleta busca melhores oportunidades, já que temos uma carreira muito curta. Agradeço a todos e estarei torcendo para a classificação e um acesso do Botafogo – explicou Edno.

– O Edno nos procurou e pediu a sua saída, já que tem uma proposta, segundo ele, muito boa para defender uma equipe da Série B do Campeonato Brasileiro. O Botafogo tem como política não contar com atletas que estejam insatisfeitos ou que queiram deixar o clube – explicou o presidente Gerson Engracia.

Edno chegou ao Botafogo para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro e jogou todos os 16 jogos do Pantera na competição, anotando cinco gols.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

 

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Anvisa alerta sobre risco de miocardite e pericardite pós-vacinação

A Anvisa informa que os Estados Unidos (EUA) relataram a ocorrência de casos de miocardite (inflamação do músculo cardíaco) e de pericardite (inflamação do tecido que envolve o coração) após a vacinação

Campeonato Esportivo movimenta mais de mil alunos das escolas municipais

Cirem será realizado até a 2a quinzena de dezembro

Assistência Social realizará “V Caminhada Mulher Maravilha” neste domingo

Evento promovido pelo NAEM acontece em referência aos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres

Projeto Guri está com inscrições abertas

Crianças e adolescentes de seis a 18 anos podem aprender a tocar um instrumento musical, sem a necessidade de conhecimento prévio

Fogos de artifício: veterinário explica como proteger os animais durante as comemorações

Especialista explica as possíveis reações dos pets e o que pode ser feito para amenizar o pânico e transtornos causados pelas explosões
- PUBLICIDADE -