InícioFutebolBotafogoBotafogo volta a vice liderança afundando a portuguesa na área de rebaixamento

Botafogo volta a vice liderança afundando a portuguesa na área de rebaixamento

- continua após a publicidade -

Faltando seis rodadas para o final da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série C, o Botafogo alcança mais uma vitória na competição, retornando a vice liderança do Grupo B.

A Lusa veio a Ribeirão Preto brigando na parte de baixo da tabela e com o resultado entrou na área de rebaixamento.

Para o jogo desta segunda-feira, o técnico panterino Márcio Fernandes tem opções novas para montar sua equipe. Além do trio de atacantes Isac, Diogo Campos e Serginho, que estavam suspensos e não jogaram na última rodada, os três atacantes contratados nas últimas semanas, Leleco, Cléo Silva e Tiago Marques, estão inscritos na CBF e podem atuar.

Jogando melhor e impondo volume de jogo O estreante Tiago Marques abriu o placar aos 13 minutos do primeiro tempo, e aos 42 minutos Daniel Borges dá ótimo passe em profundidade e Zotti dispara em velocidade, o meia domina na área e bate cruzado para ampliar o placar.
No inicio do segundo tempo com apenas 2 minutos de jogo Dener cobra falta de longe, a bola bate no gramado e engana Neneca, diminuindo para a Portuguesa.
Vitória recoloca o Tricolor na segunda colocação do Grupo B, agora com 23 pontos, e de quebra o time volta a ter novamente a segunda melhor campanha na classificação geral da Série C.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O JOGO
O início de partida foi truncado e muito reservado à marcação das duas equipes no setor de meio de campo. O Tricolor tratou de mudar isso aos 13 minutos. Diogo Campos foi lançado na área e tentou concluir, mas foi travado. Na sequência do lance, o mesmo Diogo tocou para trás e o estreante Tiago Marques pegou de primeira na bola para marcar um golaço.

A Portuguesa se viu obrigada a se lançar ao ataque, porém esbarrou na falta de pontaria e na marcação forte aplicada pelo sistema defensivo botafoguense. Já nos minutos finais da etapa inicial veio o segundo gol. Após lançamento em profundidade de Daniel Borges, Zotti partiu em alta velocidade e dominou a bola na área. Com calma, o camisa 11 bateu cruzado, na saída do goleiro Pegorari e fez a festa da torcida.

A Portuguesa só foi conseguir dar uma resposta no início da etapa complementar. O lateral Dener cobrou falta de longa distância, a bola quicou no gramado, enganou Neneca e foi parar só dentro do gol botafoguense. Primeiro gol da Lusa no jogo.

Os visitantes se lançaram ao ataque em busca do gol de empate, enquanto que o Botafogo adotou a postura de se fechar para sair nos contra-ataques. O oponente deu o maior susto quando uma cabeçada tinha endereço certo, mas Daniel Borges estava esperto para salvar em cima da linha.

O Botafogo conseguiu se recuperar do susto e teve boas chances com Tiago Marques e Serginho para aumentar a vantagem e ganhar mais tranquilidade, porém as conclusões não foram precisas.

Próximo jogo será realizado contra o Guaratinguetá, neste domingo, às 11h00, no Estádio Frederico Dalmaso, em Sertãozinho.

FICHA TÉCNICA:
Botafogo 02 x 01 Portuguesa
Brasileiro Série C 2016 – 13ª Rodada
Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP)
Data: 15/08/2016 – Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Assistente 1: Alberto Poletto Masseira (SP)
Assistente 2: Daniel Luís Marques (SP)
Quarto Árbitro: Katiucia de Mota Lima (SP)

Botafogo: Neneca; Daniel Borges, Filipe, Matheus Mancini e Augusto Ramos; Rodrigo Thiesen, Diego Pituca e Zotti; Carlos André, Isac e Diogo Campos. Técnico: Márcio Fernandes.

Portuguesa: Pegorari; Douglas Oliveira, Marcelo, Augusto e Denner; Caique, Ronaldo, Vinicius e Leonardo; Bruno Mineiro (Piauí) e Daniel (Bruno Xavier). Técnico: Jorginho.

CONFRONTO:
Pantera e Lusa já se enfrentaram 85 vezes oficialmente na história dos clubes. O time do Canindé soma mais vitórias: 37 contra 30 do Pantera, mas é o Botafogo quem venceu os dois últimos duelos, ambos no Canindé, por 2 a 1 em 2014, pelo Paulistão, e 5 a 0 no último dia 12 de junho, pela 4ª rodada da Série C.

Do total de 85 partidas, 43 foram realizados em Ribeirão Preto, com 19 vitórias do Tricolor, 12 empates e 12 triunfos da Lusa.

Por campeonatos brasileiros foram cinco os confrontos, sendo quatro pela primeira divisão e um pela Série C. São três vitórias do Botafogo: 3 a 0 no dia 14 de novembro de 1976, no Santa Cruz; 4 a 2 no dia 25 de julho de 1999, também no Santa Cruz; e 5 a 0 na Série C deste ano. A Portuguesa venceu dois jogos no Canindé: 3 a 1 no dia 23 de setembro de 1976; e 1 a 0 no dia 29 de setembro de 2001.

A maior vitória do Pantera sobre a Lusa jogando em Ribeirão Preto aconteceu pelo Paulistão de 1962, com uma goleada de 5 a 0, no Estádio Luís Pereira, na Vila Tibério.

NÚMEROS DO CONFRONTOS:
85 – Jogos
30 – Vitórias do Botafogo
37 – Vitórias da Portuguesa
18 – Empates
123 – Gols do Botafogo
136 – Gols da Portuguesa

ARTILHEIROS DO BOTAFOGO NO TORNEIO:
Alemão e Diogo Campos (5 gols); Samuel Santos e Zotti (3); Filipe e Danilo Bueno (1)

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Prefeitura inaugura duas novas escolas de educação infantil

Uma Unidade conta com 319 vagas, sendo 135 para crianças e outra para receber 420 alunos

João Rock anuncia 19ª edição para 11 de junho de 2022

Evento apresentará line-up e iniciará pré-venda de ingressos no dia 26 de outubro

Prainha de Rifaina reabre dia 03 de Novembro

Fechada desde março de 2020, afetou o turismo e comercio, obrigando muitos fecharem em definitivo.

Bolsonaro cria auxílio gás para famílias carentes

Saiba quem tem direito ao beneficio e como solicitar.

Como sempre turminha do PT usam retorica e chama vereadores de ‘machista, racista e elitista’

Por ser mulher e do PT a vereadora exige que seus projetos caminhem mais rápido do que os demais. Com salario e mordomia que recebe ela não faz parte da elite?
- PUBLICIDADE -