InícioFutebolBotafogoBotafogo vence de virada e esta na final da Copa Paulista

Botafogo vence de virada e esta na final da Copa Paulista

Com a classificação, o Tricolor também se aproxima de uma vaga na Copa do Brasil de 2022, competição que o clube não disputa desde 2002.

- continua após a publicidade -

Em jogo emocionante, Botafogo vence a Portuguesa de virada e vai à final da Copa Paulista

O Botafogo está na final da Copa Paulista. Em jogo emocionante e com o apoio do torcedor que cantou durante toda a partida, o Tricolor venceu a Portuguesa por 3 a 1, de virada, nesta quarta-feira (3), no Estádio Santa Cruz, pela segunda partida da semifinal da competição.

Com o resultado, o Pantera garantiu vaga na decisão do torneio. O time comandado por Samuel Dias conseguiu exatamente o placar que precisava após perder o jogo de ida por 2 a 1, no último domingo, no Canindé. Os gols botafoguenses foram marcados por Bruno Michel (2) e Rafael Tavares.

Agora, o Botafogo vai decidir o título da competição diante do São Bernardo. A primeira partida será realizada em Ribeirão Preto, enquanto o segundo jogo ocorrerá em São Bernardo do Campo. A FPF (Federação Paulista de Futebol) vai anunciar nesta quinta-feira (4) as datas e os horários dos confrontos.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Com a classificação, o Tricolor também se aproxima de uma vaga na Copa do Brasil de 2022, competição que o clube não disputa desde 2002. De acordo com o regulamento da Copa Paulista, o clube campeão será indicado a uma das vagas disponíveis à FPF para a competição nacional. A entidade deverá se pronunciar sobre o seu representante no torneio nos próximos dias.

O JOGO

Com o objetivo de vencer por dois gols de diferença, o Botafogo entrou em campo com quatro mudanças em relação ao primeiro jogo. No sistema defensivo, Gabriel Tocantins e Martineli substituíram Yan Victor e Pará, lesionado. O meio de campo foi formado por Victor Bolt, Emerson e Rafael Tavares, enquanto o setor ofensivo teve Bruno Michel, Hélio Paraíba e Dudu.

Com essa formação, o Tricolor começou pressionando a Portuguesa. Logo aos 2 minutos, Rodrigo cruzou da direita para Hélio Paraíba, que não conseguiu desviar na pequena área. A bola ainda sobrou para Dudu, que rolou para Emerson, no entanto, o volante foi travado na hora do chute. O Pantera conseguiu ainda criar duas jogadas semelhantes até os 14 minutos, porém, não balançou as redes.

Já a Lusa aproveitou a sua primeira chance. Aos 15 minutos, Caio tentou o cruzamento e a bola sobrou para Cesinha bater no canto e fazer 1 a 0.

O Botafogo não se abateu. Dez minutos depois, Dudu fez boa jogada individual pela esquerda e cruzou. A bola passou por Hélio Paraíba e ficou com Bruno Michel, que tirou o zagueiro e tocou na saída do goleiro para deixar tudo igual.

O Tricolor continuou acreditando e conseguiu a virada ainda no primeiro tempo. Aos 32 minutos, Rafael Tavares arrancou pela direita, tabelou com Bruno Michel e concluiu no canto: 2 a 1.

A Lusa ainda teve uma boa chance com Caio Mancha, mas Igor Bohn fez boa defesa.

No segundo tempo, a partida foi mais equilibrada. Com o decorrer do jogo, Samuel Dias promoveu as entradas de Caetano, John Everson e Rafael Marques. Quando a partida caminhava para a decisão dos pênaltis, Bruno Michel apareceu novamente. Após boa troca de passes, o atacante recebeu na intermediária e bateu de chapa no cantinho para marcar 3 a 1.

Com o gol e o apoio da torcida, o Botafogo se fechou na defesa e segurou o resultado.

BOTAFOGO X PORTUGUESA
LOCAL: Estádio Santa Cruz
COMPETIÇÃO: Copa Paulista
DATA: 3 de novembro, quarta-feira
HORÁRIO: 19h (de Brasília)
ÁRBITRO: Vinícius Furlan
ASSISTENTES: Anderson José de Morais e Mauro André de Freitas
CARTÕES AMARELOS: Emerson, Martineli, John Everson e Bruno Michel (Botafogo); Marzagão (Portuguesa)


CARTÕES VERMELHOS:
GOLS: Cesinha, aos 15 minutos do primeiro tempo (Portuguesa); Bruno Michel, aos 25 minutos do primeiro tempo (Botafogo); Rafael Tavares, aos 32 minutos do primeiro tempo (Botafogo) e Bruno Michel, aos 32 minutos do segundo tempo (Botafogo)


BOTAFOGO: Igor Bohn; Rodrigo, Gabriel Tocantins (Fabão), Diego Guerra e Martineli; Victor Bolt, Emerson (John Everson) e Rafael Tavares (Caetano); Bruno Michel (Marlon), Hélio Paraíba (Rafael Marques) e Dudu. Treinador: Samuel Dias
PORTUGUESA: Thomazella; Lenon, Willian Magrão, Diego Sacomam e Julinho; Tauã, Marzagon (Felipe Souza) e Léo Castro; Lucas Douglas (Miguel Augusto), Caio Mancha e Cesinha (Serafim). Treinador: Alex Alves

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Novo agendamento 3ª dose esta aberto nesta esta Quarta-feira(8)

Serão disponibilizadas 5 mil vagas para que acontecerá na quinta-feira, dia 9 de dezembro

Cinema: Animação, aventura e história real: cinema abre temporada de férias

Os destaque são Harry Potter e a Pedra Filosofal, Matrix - reexibição do primeiro filme e estreia de um novo, Homem Aranha: Sem Volta para Casa e animação da Disney

Ribeirão Preto recebe mutirão de emprego e serviços gratuitos do para apoiar os cidadãos afetados pela pandemia

Pela primeira vez na região, iniciativa contará com Poupatempo Digital, oferta de microcrédito pelo Banco do Povo, cursos de qualificação e orientação profissional para pessoas com deficiência; Evento acontece na Esplanada do Theatro Pedro II

USP Filarmônica se apresenta no Theatro Pedro II pela campanha Alimenta Ribeirão

Concerto gratuito acontece na próxima terça-feira, dia 14 de dezembro, às 20h

Qualquer imóvel pode ser financiado pelo “Casa Verde e Amarela”?

Depende! Existem alguns requisitos que vamos explicar. Existem faixas salariais e requisitos para casa. Confira
- PUBLICIDADE -