InícioFutebolBotafogoBotafogo empata com o líder Bragantino fora de casa

Botafogo empata com o líder Bragantino fora de casa

Próximo jogo: Botafogo enfrenta o Sport às 16h30, na Arena Pernambuco.

- continua após a publicidade -

O Botafogo arrancou um empate com o líder Bragantino por 0 a 0, nesta sexta-feira (9), no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com o resultado, o Tricolor manteve a quarta colocação com 24 pontos —mesma pontuação do Londrina, que leva vantagem no número de gols marcados.

O líder é o próprio Bragantino, que soma 28 pontos, seguido pelo Atlético-GO, que tem 25. Com o empate, o Pantera manteve o seu ótimo retrospecto como visitante. Antes, o time havia vencido fora de seus domínios o América-MG (1 a 0), o São Bento (1 a 0), Operário-PR (2 a 0) e Atlético-GO (2 a 1), além do empate conquistado diante da Ponte Preta (0 a 0).

As únicas derrotas foram para Figueirense e Coritiba. Contratado na quarta-feira, o treinador Hemerson Maria ficou fora do banco de reservas porque o seu nome ainda não apareceu no BID (Boletim Informativo Diário). Ele assistiu ao jogo do camarote do estádio Nabi Abi Chedid. Assim, o time foi dirigido na beira do campo pelo novo auxiliar técnico Emerson Nunes. Hemerson Maria comandará o time pela primeira vez no próximo sábado (17), quando o Botafogo enfrenta o Sport às 16h30, na Arena Pernambuco.

O JOGO No primeiro tempo, o Bragantino impôs o ritmo desde o início, enquanto o Botafogo procurava marcar atrás da linha da bola. Melhor em campo, o time de Bragança Paulista criou três boas oportunidades de gol, mas parou em Darley e no zagueiro Luiz Otávio, que conseguiu chegar no momento exato para travar a finalização de Aderlan.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O Tricolor conseguiu segurar a pressão inicial do adversário, mas ameaçou somente nos acréscimos do primeiro tempo, quando Murilo arriscou de fora da área e exigiu boa defesa de Júlio César. Na etapa complementar, o Pantera chegou com perigo em uma cobrança de falta de Murilo e após uma cobrança de escanteio.

A resposta do Bragantino foi imediata. Aos 10 minutos, Roberson invade a área e toca na saída de Darley, mas a bola vai para fora. Na sequência. Aderlan recebeu dentro da grande área e finalizou cruzado para excelente defesa do goleiro botafoguense. O Bragantino continuou insistindo, mas não conseguiu passar pela defesa do Pantera. Nos acréscimos, Bruno José teve a chance, mas parou em Júlio César. FICHA TÉCNICA

BRAGANTINO X BOTAFOGO


Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista
Data: 9 de agosto de 2019, sexta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo (SP)
Assistentes: Luiz Alberto Nogueira (SP) e Herman Brumel Vani (SP)
Cartões Amarelos: Lucas Mendes, Luiz Otávio, Vinicius Freitas e Jonata Machado (Botafogo); Aderlan, Uillian Correa e Rayan (Bragantino)

BRAGANTINO: Julio Cesar; Aderlan, Ligger, Rayan e Edimar; Barreto e Uillian Correa (Matheus Peixoto); Claudinho, Ytalo, Wesley (Bruno Tubarão) e Roberson (Thiago Ribeiro). Treinador: Antônio Carlos Zago

BOTAFOGO: Darley; Lucas Mendes, Leandro Amaro, Luiz Otávio e Vinicius Freitas; Jonata Machado, Marlon Freitas, Nadson (Erick Luís) e Murilo (Meritão); Felipe Saraiva (Bruno José) e Henan. Treinador: Emerson Nunes.

Luiz Cosenzo

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Brasil gera 309 mil empregos formais em junho

Governo deve lançar programas para inclusão de jovens no mercado

Anvisa alerta sobre casos de Guillain-Barré após vacinação

A Anvisa explica que a SGB é um distúrbio neurológico autoimune raro, no qual o sistema imunológico danifica as células nervosas.

Covid-19: Anvisa recebe solicitação de uso de medicamento da Pfizer

Como aquele remedio proibido, este já é usado para tratamento de artrite reumatoide, artrite psoriática e colite ulcerosa. Todo dia uma novidade sobre tratamento proibido.

Enfermeira do SAMU é detida por desacato e omissão de socorro em Ribeirão

De acordo com registro policial, a mulher teria sido grosseira e ofendido policiais militares; o caso está sendo apurado

Rebeca Andrade faz historia em Tóquio e é prata

É a primeira brasileira a ganhar uma medalha na categoria.
- PUBLICIDADE -