InícioEspeciaisFeira do LivroPlano municipal de incentivo à leitura será apresentado durante 16ª Feira do...

Plano municipal de incentivo à leitura será apresentado durante 16ª Feira do Livro

- continua após a publicidade -

Resultado de uma produção coletiva com a participação de representantes de entidades literárias, o Plano Municipal do Livro, Leitura e Biblioteca apontará propostas para promover as práticas literárias na cidade.

Sabendo do papel transformador da leitura para a sociedade, a Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto, juntamente com outras instituições, profissionais, estudantes e agentes culturais, finalizou o texto base do Plano Municipal do Livro, Leitura e Biblioteca de Ribeirão Preto (PMLLB). O projeto apresenta propostas para incentivar e valorizar as práticas literárias no município. Como parte da programação da 16ª edição da Feira Nacional do Livro, o documento será apresentado aos representantes do Ministério da Cultura e da Secretaria de Estado da Cultura, durante evento no dia 13 de junho, às 10h30, no Auditório Meira Júnior.

Focado nas políticas públicas, o PMLLB de Ribeirão Preto está de acordo com o Plano Nacional do Livro e Leitura e se constitui a partir dos mesmos quatro eixos estabelecidos pelo Ministério da Cultura:
democratização do acesso ao livro, formação de mediadores para o incentivo à leitura, valorização institucional da leitura e o incremento de seu valor simbólico e desenvolvimento da economia do livro como estímulo à produção intelectual e ao desenvolvimento da economia nacional.
Dentro de suas propostas, o Plano Municipal do Livro, Leitura e Biblioteca de Ribeirão Preto apresenta um conjunto de metas de curto, médio e longo prazo para cada um dos eixos estabelecidos e que devem ser implementadas no período de um a cinco anos.

O texto base, que reúne a contribuição de todos os participantes, foi avaliado ao longo de três encontros por um comitê especial, formado por representantes de entidades literárias como Academias de Letras e União de Escritores, professores da USP, bibliotecários, representantes da Secretaria da Cultura e da Rede de Ensino do Estado, presidente do Conselho de Cultura e membros da setorial de literatura, coordenado pela presidente da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto, Adriana Silva.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Nesta fase do processo o documento está sendo disponibilizado para conhecimento de outras personalidades do universo da cultura e também do público em geral.

“O texto está em aberto até o dia 07 de junho, quando o comitê voltará a se reunir, e pode ser acessado por completo no site da Fundação para que qualquer pessoa colabore com ideias e sugestões”,

afirma a presidente da Fundação do Livro e Leitura, Adriana Silva.

A 16ª edição da Feira Nacional do Livro de Ribeirão, como em todos os anos, faz homenagem a um país.
-Desta vez é a Colômbia, considerado o país das bibliotecas.
-Quanto aos escritores celebrados, a premiada Lygia Fagundes Telles é a escritora do ano, atual membro da -Academia Brasileira de Letras e da Academia das ciências de Lisboa.
-Na categoria infantojuvenil, a autora homenageada é Maria Clara Machado, escritora e dramaturga de sucesso entre crianças e adolescentes.
-O filósofo, escritor e educador Mario Sergio Cortella é o destaque na categoria autor educação e a premiada Rita Mourão, atual integrante da Academia Ribeirãopretana de Letras, é a homenageada na categoria autor local. Como patrono, a Feira indicou o empresário e Fundador do Grupo Rodonaves, João Naves.

A programação completa é gratuita e acessível a todos os públicos. Uma das características desta agenda cultural é incluir atividades para diversos locais da cidade, como escolas, instituições, bibliotecas, praças, ONGs, universidades, museus, shoppings e centros culturais na periferia. Ao todo, neste ano, serão cerca de 250 atividades.
A Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos. Trata-se de uma evolução da antiga Fundação Feira do Livro, criada em 2004, especialmente para realizar a Feira Nacional do Livro da cidade – hoje considerada a segunda maior feira a céu aberto do país, realizada tradicionalmente no mês de junho.

A diretoria é eleita para um mandato de dois anos, sob acompanhamento do Conselho Fiscal. Com nova diretoria, a Fundação se prepara para implementar uma nova política de atuação em Ribeirão Preto e em outras cidades, com projetos na área de formação de professores e mediadores de leitura.

Realização – O Ministério da Cultura, Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Estado da Cultura e Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto apresentam a 16ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto com Patrocínio Ouro do BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Cerca de 40 mil pessoas não retornaram para receber a segunda dose da vacina contra Covid-19

Dados são Vigilância Epidemiológica, que conclama a população a procurar os postos de vacinação e manter o controle da doença

“Concertos Internacionais” apresenta homenagem a Astor Piazzolla

Concerto será transmitido no dia 23 de outubro, às 19h, como parte das comemorações de 91 anos do Theatro Pedro II

Nogueira quer que você receba agua do Rio Pardo nas torneiras

Hoje a agua do DAERP é do aquífero guarani, uma agua mineral será substituída por aguas do Rio Pardo. Você aprova esta mudança?

Atenção: Alerta para tentativa de golpe contra aposentados

Instituto de Previdência orienta beneficiários a não informar dados pessoais ou bancários

Ditador Moraes manda prender e extraditar Allan dos Santos

Se não estamos vivendo em uma ditadura do judiciário, o que se compara com atitudes destes loucos? Maduro, Chaves, Alexandre de Moraes...
- PUBLICIDADE -