InícioEspeciaisAgrishowInformações Agrishow 2022

Informações Agrishow 2022

- continua após a publicidade -

SEGURANÇA ALIMENTAR MUNDIAL DEPENDE DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS 

O Brasil tem um papel fundamental para a segurança alimentar global, tanto é que representantes da Organização Mundial do Comércio (OMC) solicitou ao presidente da República, Jair Bolsonaro, para que o país ampliasse as exportações de alimentos. Em resposta, Bolsonaro pediu que o organismo trabalhasse para manter o fluxo de comércio global de fertilizantes e que os preços não se ampliassem ainda mais. Visita OMC – exportasse mais, não temos em estoque o que ela pediu, fiz o pedido que nos ajude que o fluxo de fertilizantes não seja interrompido para o Brasil e que os preços não subissem. “A resposta da OMC foi justamente essa: o mundo não sobrevive sem os alimentos do Brasil”, disse Bolsonaro durante a solenidade de abertura da Agrishow 2022 – 27ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação, realizada nesta segunda-feira, em Ribeirão Preto-SP.

“A agricultura brasileira está dando certo e temos de trabalhar, uma vez que nosso governo não quer atrapalhar quem produz”, afirmou o presidente. 

Durante a cerimônia, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Marcos Montes, lembrou a força e tenacidade do setor. “Enfrentamos uma pandemia mundial, que afetou o mundo todo, mas o produtor rural brasileiro continuou trabalhando. Graças à persistência do homem do campo, o agronegócio não parou”, disse ele.

Graças a isso, segundo ele, não houve um desabastecimento no Brasil e, consequentemente no mundo, dada a importância do setor para os outros países.

“Dia e noite, produzindo sem parar; o Agro deu exemplo a todo o Brasil. Com isso, estamos hoje inaugurando uma feira que vai gerar negócios de quase R$ 5 bilhões de reais”. E finalizou usando o aumento da produção do trigo como exemplo de sucesso do setor: “Recentemente, atingimos 250 mil hectares para o plantio de trigo, podendo chegar a 2 milhões de hectares”.  

Em seu pronunciamento, ao abrir a feira, o presidente da Agrishow, Francisco Matturro, secretário em exercício da Secretaria da Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo destacou a longa e vitoriosa jornada da feira, desde 1994, quando ocorreu a primeira edição.

“Hoje, estamos celebrando essa grande exposição, graças à compreensão dos expositores que acreditaram na nossa Agrishow e em seus resultados”, ressaltou. “Nesse espaço, a maior feira do agro do mundo apresenta os exclusivos lançamentos, as principais tendencias e avanços da conectividade do campo para pequena média e grande propriedade”, complementou.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Ele ainda enfatizou a oportunidade concedida aos pequenos produtores ao participarem do Pavilhão de Produtores Artesanais e comentou sobre os programas implementados para a valorização do agro paulista, como a análise de 100% do CAR. 

O presidente da Abimaq – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos, João Marchesan, destacou a pujança do setor agrícola brasileiro, em especial a indústria de máquinas para o campo, o que coloca o Brasil em posição de destaque nacional e internacional.

“Houve muito investimento nestes últimos o que levou à modernização e aumento da capacidade de produção da indústria de máquinas agrícolas. A indústria está preparada para atender as demandas do agro nacional”, frisou Marchesan, destacando a autossuficiência brasileira no setor.

Atualmente a Abimaq conta com 740 empresas cadastradas às Câmaras do agro e faturamento estimado de R$ 100 bilhões, exportando aproximadamente 30% do que produz. Estes números, segundo Marchesan, garantem ao setor autonomia para atender a demanda de máquinas no Brasil. Ele trouxe também reinvindicações do setor para a ampliação das linhas de créditos de importantes programas, como o Moderfrota. 

A Agrishow prestou uma homenagem ao pesquisador Marcos Landell, diretor-geral do Instituto Agronômico de Campinas (IAC). 

Também participaram da solenidade de abertura da Agrishow 2022: Anderson Torres, Ministro da Justiça e Segurança Pública, General Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional; Joaquim Leite, ministro do Meio Ambiente; Paulo Alvim, ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações; General Walter Braga Netto, ministro da Defesa; Duarte Nogueira, prefeito de Ribeirão Preto, Tarcísio Gomes de Freitas, ex-Ministro da Infraestrutura, Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal; além de lideranças setoriais do agronegócio, deputados federais, estaduais, diversos prefeitos e representantes da Câmaras de Vereadores. 

A Agrishow termina na sexta-feira, dia 29 de abril, e é uma iniciativa das principais entidades do agronegócio no país: Abag – Associação Brasileira do Agronegócio, Abimaq – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos, Anda – Associação Nacional para Difusão de Adubos, Faesp – Federação da Agricultura e da Pecuária do Estado de São Paulo e SRB – Sociedade Rural Brasileira, e é organizada pela Informa Markets, integrante do Grupo Informa, uma das maiores promotoras de feiras, conferências e treinamentos do mundo com capital aberto.

Mais informações:

AGRISHOW 2022 – 27ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação

Data: 25 a 29 de abril

Local: Rodovia  Antônio  Duarte Nogueira, Km 321 – Ribeirão Preto (SP)

Horário: das 8h às 18h
www.agrishow.com.br

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -