InícioEspeciaisAgrishowAGRISHOW: 4 vantagens para você adotar a terceirização no agronegócio agora mesmo!

AGRISHOW: 4 vantagens para você adotar a terceirização no agronegócio agora mesmo!

- continua após a publicidade -

Trabalhar com o agronegócio significa se preocupar diariamente com variados fatores, como produção, contratações, medidas sanitárias e transporte de mercadorias. Porém, por muitas vezes, um único profissional não consegue acompanhar todas essas demandas com eficiência, por isso a terceirização de diversos serviços ligados ao agronegócio vem ganhando bastante força.

A terceirização de serviços vem sendo uma das soluções mais satisfatórias para auxiliar o empresário rural a atender todos os gargalos existentes na atividade, fazendo com que o sistema se torne naturalmente mais eficiente.

Até certo tempo atrás, a terceirização era vista com muito receio pelos agricultores e pecuaristas. Porém, recentemente foi aprovada a Lei da Terceirização que regulamenta todas as atividades, inclusive aquelas ligadas ao agronegócio.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Vantagens da lei da Terceirização para o agronegócio

A lei da terceirização (lei nº 13.429) foi sancionada pelo presidente Michel Temer em março de 2018, apresentando diversas mudanças. Rodrigo Capella, palestrante, diretor-geral da Ação Estratégica e atuante no agronegócio desde 2004, explica que dentre as mudanças, a mais significativa é a possibilidade de se terceirizar atividades fim, o que antigamente era uma ação proibida.

Mas, além dessa importante alteração, Capella salienta que o agronegócio se beneficiará significativamente com essa lei. Entre os benefícios mais importante, pode-se citar:

1. Evolução do agronegócio de maneira mais intensa: Capela explica que a terceirização, com os benefícios da jornada intercalada, contribuirá para a contínua e ainda mais intensa evolução do setor.

Ele explica que um mesmo profissional poderá contribuir com várias empresas de agronegócio, de segmentos diferentes, e também para várias propriedades rurais.
2. Redução de custos: Segundo Capella, com a terceirização agropecuaristas e indústrias do segmento poderão reduzir custos e elevar sensivelmente sua rentabilidade.
3. Amparo legal: A Lei irá conferir ainda mais transparência e forte segurança nas relações entre empresas-empregadoras, funcionários e o ambiente laboral.
4. Ampliação das vagas de trabalho de forma regulamentada: Para Capella, a Lei irá incentivar a ampliação das vagas de trabalho de forma regulamentada, “a lei irá suprimir os descasos da informalidade”, salienta.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -