Início Educação Ribeirão Preto recebe Plano de Leitura nos Ônibus

Ribeirão Preto recebe Plano de Leitura nos Ônibus

- continua após a publicidade -

A partir da próxima quarta-feira, dia 13 de julho, Ribeirão Preto recebe o “Plano de leitura nos ônibus e nos terminais urbanos” – instituído pela Lei Municipal nº 13.493/15 e alterado pela Lei Municipal nº 13.623/15.

A iniciativa é uma parceria da Transerp – empresa que gerencia o trânsito e transporte de Ribeirão Preto, Secretaria Municipal da Educação, Instituto do Livro/Proler, Minc – Ministério da Cultura e Consórcio PróUrbano.

Serão 800 exemplares, de diversos gêneros, disponibilizados para empréstimo, no módulo principal do terminal doutora Evangelina de Carvalho Passig. Os livros poderão ser retirados sem custos, junto aos monitores, de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h30.

Os interessados deverão informar o nome completo, número de documento de identidade, telefone e terão um prazo de 15 dias para a devolução, que deve ser feita no mesmo local de retirada. Mais informações pelo telefone 3931-6004.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Confira discurso do presidente Bolsonaro na Cúpula do Clima

O presidente Jair Bolsonaro participou hoje (22) da Cúpula do Clima. O evento virtual, que começou hoje (22) e vai até amanhã

Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em agosto

Também hoje, beneficiários do Bolsa Família com o Número de Inscrição Social (NIS) de dígito final 4 poderão sacar o benefício.

Onda de frio chega ao Brasil na próxima semana

Uma frente fria avança para o Brasil no próximo fim de semana, 23 e 24 de abril, e traz uma massa de ar frio, de origem polar, com intensidade moderada a forte.

Sertãozinho abre processo seletivo para estágio em serviço social

Serão selecionados 15 estagiários. Inscrições devem ser feitas até 27 de abril.

COVID-19 leva a escalada de mortes e colapso de hospitais no Peru

Uma onda brutal da doença atingiu o país nas últimas semanas, resultando em hospitais superlotados, enquanto o acesso à vacinação continua sendo um grande desafio
- PUBLICIDADE -