Início Educação Projete forma 100 jovens de escolas públicas de Ribeirão Preto e Serrana

Projete forma 100 jovens de escolas públicas de Ribeirão Preto e Serrana

- continua após a publicidade -

A manhã do último sábado (11/11) foi especial para 100 estudantes de 15 a 18 anos, alunos do 2º ano do ensino médio de escolas públicas de Ribeirão Preto e Serrana. No auditório da Estácio, os jovens receberam os certificados de conclusão de mais uma edição do Projete – programa com o objetivo de transmitir conceitos básicos sobre empregabilidade, profissões, educação financeira, empreendedorismo, desenvolvimento profissional e cidadania.

O encontro reuniu formandos, familiares, organizadores e voluntários em um encontro de celebração. Na ocasião, os jovens apresentaram seus Trabalhos de Conclusão de Curso – projetos sociais que foram produzidos de forma teórica e prática, usando as técnicas e informações adquiridas ao longo de 20 sábados de palestras e mentorias. Os encontros aconteceram no Supera Parque e na Unidade Lafaiete do SEBCOC.

Para a estudante Juliana Pádua, o Projete agregou conhecimentos para a vida toda. “Eu conheci o projeto pela escola. Não tinha noção da dimensão. Fiz a prova e quando soube que passei, a felicidade tomou conta de mim. Naquele momento, encontrei um potencial que não conhecia. A cada aprendizado fui descobrindo as minhas habilidades. Além de agregar conhecimento, também conquistei amigos. Hoje é uma alegria receber o certificado”, celebra.

“Fico emocionado em ver o Projete acontecer. Tudo começou em uma conversa com alguns parceiros, em 2012. Tínhamos como propósito trazer um impacto positivo para a sociedade. Já conhecia o trabalho que a PWC e a United Way faziam com foco em educação. A ideia inicial prosperou e aconteceu. O propósito continua muito forte. O Projete fica maior a cada ano. Isso é motivo de muito orgulho”, comenta Roberto de Amorim Biagi, idealizador da iniciativa.

Segundo as coordenadoras da ação, Daniela Ferreira e Juliana Peres, o programa melhora a cada ano. “Já chegamos à quinta edição. Trabalhamos para ampliar no número de jovens sem perder a qualidade.  A primeira turma teve início com 36 alunos e, em 2017, foram cem participantes. É uma experiência transformadora. Os jovens ampliam repertório de vida, têm a oportunidade de contato com profissionais de diversas áreas e aprendem como começar a definir a carreira que desejam seguir”, explicam.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Para fechar a programação, o Quinteto de Metais da Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto encantou os espectadores. Com obras conhecidas do cinema e televisão, os artistas levaram diversão e cultura aos convidados.

Sobre o Projete – O Projete é um programa sócio-educativo gratuito, fruto da parceria entre as empresas Alliage, Grupo Lago San, Grupo Maubisa, Laure, Volpon e Defina, PróUrbano,  PwC, Santa Emília Caminhões, Supera, e ValorUp. A coordenação pedagógica é da United Way Brasil. A iniciativa qualifica uma centena de alunos do ensino médio de escolas públicas de Ribeirão Preto, para o mercado de trabalho, a partir de conceitos de educação financeira, empreendedorismo, empregabilidade, desenvolvimento profissional e cidadania.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com verba da Covid prefeitura antecipa 13º salário de aposentados e servidores

No total, a remuneração mensal dessas pessoas atinge a casa dos R$ 120 milhões mensais.

Abertura de escolas e contratação de professores movimentam rede municipal

Até o final do ano, mais 11 unidades escolares serão entregues para a população; R$ 40 milhões foram investidos em 15 novas escolas

Agendamento de vacina contra Covid em idosos com 65 e 66 anos será aberto nesta terça-feira, dia 20

Serão disponibilizadas 11.160 vagas; vacinação acontecerá na quinta e sexta-feira, nos dias 22 e 23 de abril

Botafogo empata com o Palmeiras no Santa Cruz

Com o resultado, o Tricolor completou o terceiro jogo de invencibilidade e agora soma seis pontos. Assim, o Pantera ocupa a 12ª colocação

Parede falsa escondia respiradores novos em hospital dizem funcionários

Em Ribeirão Preto menos de 1% do dinheiro enviado pelo gov. Federal foi usado, estados com respiradores comprados em adega, e proibição do tratamento precoce. A morte é um grande negocio.
- PUBLICIDADE -