Início Educação Nove escolas de Educação Infantil oferecem atividades no período de férias

Nove escolas de Educação Infantil oferecem atividades no período de férias

- continua após a publicidade -

Nove escolas polo de Educação Infantil iniciaram atividades de férias nesta segunda-feira, dia 2. O funcionamento está regulamentado em decreto e atende solicitação de pais e responsáveis que não têm onde deixar seus filhos no período de recesso escolar. Aproximadamente 1,2 mil famílias manifestaram interesse no serviço durante o período de cadastramento.

As atividades seguem até o próximo dia 31 de janeiro, nas seguintes escolas polo:
– EMEI Aloizio Olaia Paschoal – Parque dos Flamboyants
– CEI Lúcio Mendes – Parque dos Sabiás
– CEI Maria Regina Cavalcanti – Jardim Progresso
– CEI Sebastião Martins de Moura – Vila Albertina
– CEI Padre Nelson Costa dos Santos – Dom Miele
– CEI Thomaz Urbinatti – Bonfim Pauslita
– CEI Alaor Galvão César – Vila Virgínia
– CEI João da Cruz Moreira – Valentina Figueiredo
– CEI Ana Maria Chúfalo – Jardim Roberto Benedetti

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Abertura de escolas e contratação de professores movimentam rede municipal

Até o final do ano, mais 11 unidades escolares serão entregues para a população; R$ 40 milhões foram investidos em 15 novas escolas

Agendamento de vacina contra Covid em idosos com 65 e 66 anos será aberto nesta terça-feira, dia 20

Serão disponibilizadas 11.160 vagas; vacinação acontecerá na quinta e sexta-feira, nos dias 22 e 23 de abril

Botafogo empata com o Palmeiras no Santa Cruz

Com o resultado, o Tricolor completou o terceiro jogo de invencibilidade e agora soma seis pontos. Assim, o Pantera ocupa a 12ª colocação

Parede falsa escondia respiradores novos em hospital dizem funcionários

Em Ribeirão Preto menos de 1% do dinheiro enviado pelo gov. Federal foi usado, estados com respiradores comprados em adega, e proibição do tratamento precoce. A morte é um grande negocio.

Com R$ 166 milhões em caixa, prefeitura gastou 0,65% com medicamentos para Covid

Quebrar o pequeno comerciante e fazer obras faraônicas, é a marca deste prefeito que se mostra um capacho do governo de SP
- PUBLICIDADE -