InícioEducaçãoMEC lança programa para professores de alfabetização

MEC lança programa para professores de alfabetização

Serão ofertadas 40 mil vagas a partir de 11 de janeiro

- continua após a publicidade -

O Ministério da Educação vai ofertar curso gratuito e a distância para a qualificação de 40 mil professores de alfabetização, com duração total de 160 horas, a partir de 11 de janeiro.

O curso Alfabetização Baseada na Ciência (ABC) deverá ser acessado no Ambiente Virtual de Aprendizagem do MEC (Avamec), onde os professores poderão assistir a vídeos, baixar os materiais de leitura e preparar as tarefas de estudo.

“O curso é composto por um manual teórico, de 24 capítulos, elaborado pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto, e um Programa de Intervenção Prático, desenvolvido pelo Centro de Investigação e Intervenção na Leitura do Instituto Politécnico do Porto. A Universidade Aberta de Portugal ficou responsável por gravar as videoaulas e produzir as legendas para o português do Brasil”, informou o MEC em nota.

arquivo

O conteúdo abarca noções fundamentais de alfabetização, de literacia emergente (antes da instrução formal), da aprendizagem da leitura e escrita e das dificuldades desse processo.

Desde de fevereiro, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), do MEC, mantém parceria com as instituições portuguesas. A criação do curso a distância é uma solução para o período de distanciamento social. A Universidade do Porto e o Instituto Politécnico do Porto licenciaram o governo brasileiro para uso do material na capacitação dos docentes.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Além do curso online, professores brasileiros poderão participar de capacitação presencial em Portugal. A Capes deverá abrir editais para esses cursos nos próximos dois anos. No total, a autarquia prevê investimento de R$ 6,3 milhões na formação de professores alfabetizadores.

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, tem expectativa que a formação dos professores reflita na qualidade da alfabetização dos alunos e perdure durante toda a vida escolar.

“A iniciativa do MEC é lançar as sementes para que num futuro próximo, talvez não tão próximo, mas a médio prazo, as nossas universidades estejam recebendo jovens no mínimo alfabetizados”, assinalou o ministro.

arquivo

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

A população insistem em votar errado e Ramon Faustino (Psol) continua sendo processado

Nova audiência foi marcada para o dia 06 de outubro, para ouvir o depoimento das ex-assessoras

Centro de Qualificação prorroga inscrições para cursos gratuitos

São 278 vagas disponíveis com inscrições online até 29 de setembro com barbearia, informática básica, excel, word básico, jardinagem e paisagismo e muitos outros

Circuito SP promove atração gratuita no Teatro Municipal

Peça mostra o encontro da Rainha Elizabeth I com o dramaturgo William Shakespeare

Cruzamento em Ribeirão Preto recebe obra da artista Elisa Bracher

Obra está sendo instalada no cruzamento das avenidas João Fiusa e Independência; escultura deve ser inaugurada na quarta-feira, 28

Giorgia Meloni deve liderar Itália após vitória eleitoral da direita

Giorgia Meloni se tornará a primeira mulher premiê da Itália
- PUBLICIDADE -