Início Educação FNDE dá mais 30 dias para alunos formalizarem contratos do Fies

FNDE dá mais 30 dias para alunos formalizarem contratos do Fies

Estudantes devem validar inscrições nas instituições de ensino e firmar o contrato com os agentes financeiros

- continua após a publicidade -

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), vinculado ao Ministério da Educação (MEC), prorrogou por mais 30 dias o prazo para estudantes validarem as inscrições do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) nas instituições de ensino e formalizarem os contratos com os bancos.

A prorrogação consta em portaria publicada na edição desta segunda-feira, 20 de abril, do Diário Oficial da União (DOU). O Fundo tomou a medida por conta da pandemia de coronavírus. O FNDE já tinha prorrogado esses prazos por 30 dias em 23 de março e agora concede mais 30 dias para que nenhum estudante seja prejudicado neste período de recolhimento e isolamento social. 

arquivo

Até então, os estudantes pré-selecionados no processo seletivo do Fies em 2020 precisavam comparecer às Comissões Permanentes de Seleção e Acompanhamento (CPSAs) do Fies nas instituições de ensino no prazo de cinco dias para concluir a inscrição e depois em até dez dias ao agente financeiro para formalizar a contratação do financiamento.

Aditamentos – A pandemia já tinha levado o FNDE a prorrogar para 30 de junho o prazo para que estudantes com contratos do Fies firmados até dezembro de 2017 façam o aditamento dos contratos. 

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O mesmo prazo vale para a transferência integral de curso ou de instituição de ensino e para a solicitação de dilatação do prazo de utilização do financiamento. Os contratos do Novo Fies, concedidos a partir de 2018, têm prazos definidos pela Caixa Econômica Federal.

arquivo

O programa – O Fies é um programa do MEC que tem como objetivo conceder financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo ministério e ofertados por instituições de educação superior não gratuitas aderentes ao programa.

O programa é dividido em duas modalidades: 

  • Fies a juros zero para quem mais precisa (renda familiar de até três salários mínimos por pessoa);
  • Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies), para renda familiar per capita de até cinco salários mínimos, com taxas estipuladas pela instituição financeira — privada ou banco regional de desenvolvimento.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

COMUNICADO: Museu Casa de Portinari

Seguindo as recomendações do Plano São Paulo, do Governo do Estado de São Paulo, o Museu Casa de Portinari instituição da Secretaria de Cultura...

Banhos de limpeza energética para começar 2021 com tudo

Terapeuta e benzedeira Jacqueline Naylah ensina como as ervas, sal grosso, pétalas de rosas e até os cristais podem proteger as energias e proporcionar bem-estar a quem realiza

Baleia: Pai preso, irmão delatado por propina e ele quer ser o salvador da pátria

O próprio é citado em delação da JBS, e agora se une com todos partidos de esquerda, traindo os votos de seus eleitores. Tudo pelo poder e pelo dinheiro

Aborto matou 42 milhões de bebês em 2020

Aborto matou sozinho mais que covid, câncer, HIV, álcool e cigarros juntos. São 125.000 por dia.

Aposentados do INSS começam a receber benefícios com reajuste

Calendário de pagamentos segue número final de cartão do beneficiário, confira a tabela dos próximos 12 meses
- PUBLICIDADE -