InícioEducaçãoEscolas municipais recebem quase 47 mil alunos no início do ano letivo

Escolas municipais recebem quase 47 mil alunos no início do ano letivo

Volta às aulas ocorreu nesta quarta-feira, dia 5 de fevereiro, nas 108 escolas da rede municipal

- continua após a publicidade -

Nesta quarta-feira (5), as 108 escolas da rede municipal de ensino receberam 46.916 alunos para o início do ano letivo de 2020. Deste total, 23.541 são do Ensino Infantil, 21.877 do Ensino Fundamental e 1.498 de Educação de Jovens e Adultos. Além disso, 2.859 estudantes correspondem às 22 escolas conveniadas, cujas aulas foram retomadas segunda-feira (3).

Para reabrir as portas e receber a garotada com o devido preparo, as unidades escolares passaram por obras de manutenção durante as férias. Quinze delas passaram por adequações no sistema elétrico, como EMEF Prof.ª Dercy Celia Seixas Ferrari, EMEI Ana dos Santos Gabarra, CEMEI Eduardo Romualdo, EMEI Amélia Junqueira, EMEI Roberto Afonso Pontes, CEI Deolinda Gasparini, entre outras.

Mais seis escolas receberam melhorias gerais: o CEMEI Eduardo Romualdo de Souza finalizou a pintura do prédio, assim como as adequações de elétrica e hidráulica, adquirindo o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros. A sala dos professores do CEI Sebastião Martins de Moura, por exemplo, recebeu adequação, enquanto a EMEF Vereador José Delibo passou por melhorias no telhado, esquadrias e nova pintura.

Já o CEI Maria Lúcia Meirelles Junqueira realizou adequações dos vasos sanitários e a EMEI Deputado João Sperandio recebeu reparos nas esquadrias e nova pintura. Os serviços fazem parte das obras de manutenção geral, que incluem alvenaria, trocas de piso e azulejo, além de pinturas, construção de rampas, adequação de corrimão, instalação de piso tátil e outras melhorias voltadas à acessibilidade.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O investimento é de cerca de R$ 7 milhões.

Novos professores

“Seguimos, como em 2019, trabalhando para garantir aos nossos alunos o melhor proveito possível. Só no início deste ano, chamamos 270 professores temporários que já atribuíram aula e devem assumir as salas nos próximos dias”, afirmou o secretário da Educação, Felipe Elias Miguel.
No dia 31 de janeiro, foram contratados 101 professores temporários, sendo PEB II, PEB III de Ciências Físicas e Biológicas, PEB III de Língua Portuguesa, PEB II de Matemática e PEB III de Atendimento Educacional Especializado (AEE).
Uma semana antes, o prefeito autorizou o chamamento de 158 professores temporários, sendo dez PEB I, 70 PEB II, oito PEB III de Língua Portuguesa, 11 PEB III de Matemática, quatro PEB III de Geografia, quatro PEB III de Ciências Físicas e Biológicas, 26 PEB III de Atendimento Educacional Especializado (AEE).
“Além disso, a Secretaria da educação abrirá, nos próximos dias, um processo seletivo para contratar 17 PEB III intérpretes com domínio na comunicação em LIBRAS e oito PEB III deficientes auditivos, também com domínio em LIBRAS”, concluiu o chefe da pasta.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Hora do Horror traz diversão imersiva inspirada em fatos reais

Alcatraz — Rebelião das Almas acompanha o médium John Feltner em investigação paranormal

Fretamento de onibus para as manifestações de 7 de Setembro na Paulista

Já estão com dificuldades de reservar ónibus para as manifestações de 7 de Setembro na Av. Paulista. A comemoração do Bi-centenário da Independência será o dia mais importantes dos últimos 200 anos.

Acabou a mamata: Câmara aprova fim das saídinhas de presos

Confira como votaram os deputados de SP. FROTA, TIRIRICA, e toda a quadrilha do PT, PSB, PSOL e PCdoB , desejavam que os bandidos continuassem nas ruas

Sextou: Confira a programação para o primeiro final de semana de Agosto

Fresno Fresno, Gusttavo Lima, Abba Experience, A Pequena Sereia,  Anime Fest, Biblioteca e shopping tambem trazem programação especial.

Grupo Teatral Fora de Hora se apresenta em Serrana

Nesta nova obra intitulada “Bernardo Literato”, inspirada no enredo do livro infantil “João das Letras”, de Regina Rennó, o coletivo teatral conta a história de Bernardo, um jovem escritor cujo sonho é realizar sua carreira enquanto artista.
- PUBLICIDADE -