InícioEducaçãoEnem 2020 será adiado, entre 30 a 60 dias depois do previsto,...

Enem 2020 será adiado, entre 30 a 60 dias depois do previsto, diz Inep

O governo afirmou que vai fazer uma enquete com os participantes para definir as novas datas.

- continua após a publicidade -

No cronograma antigo, versão digital seria em 22 e 29 de novembro e a prova tradicional estava prevista para 1º e 8 de novembro. Novas datas serão decididas em enquete com os participantes.

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será adiado “de 30 a 60 dias em relação ao que foi previsto nos editais”, de acordo com decisão do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e do Ministério da Educação (MEC).

A decisão ocorre depois de o governo enfrentar questionamentos judicias cobrando o adiamento da prova por causa dos efeitos da pandemia da Covid-19, que levaram escolas a suspender as aulas presenciais.

O debate sobre o adiamento da prova chegou ao Congresso: na terça-feira (19), o Senado aprovou projeto que adia Enem, e o texto seguiu para avaliação da Câmara dos Deputados.

Cronograma

No mês passado, o Inep adiou apenas a versão digital, que seria realizada nos dias 11 e 18 de outubro e passou para os dias 22 e 29 de novembro. A aplicação da prova impressa estava prevista para 1º e 8 de novembro.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

As novas datas não foram divulgadas.

Ministro cita líderes do Centro

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, adotou posição contrária ao adiamento desde que foi acionado por órgãos como a Defensoria Pública da União (DPU) e a União Nacional dos Estudantes (UNE). Entretanto, nesta manhã, disse que considerou a movimentação no Congresso e ouviu os líderes do Centro para decidir pelo adiamento.

arquivo

“Diante dos recentes acontecimentos no Congresso e conversando com líderes do centro, sugiro que o ENEM seja adiado de 30 a 60 dias. Peço que escutem os mais de 4 milhões de estudantes já inscritos para a escolha da nova data de aplicação do exame” – Abraham Weintraub

Na terça, o MEC disse que iria, em junho, consultar os inscritos para decidir se adiaria o exame. Agora, no novo posicionamento, o governo afirmou que vai fazer uma enquete com os participantes para definir as novas datas.

arquivo

Posicionamento do Inep e MEC

“NOTA OFICIAL Adiamento do Enem 2020

Atento às demandas da sociedade e às manifestações do Poder Legislativo em função do impacto da pandemia do coronavírus no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e o Ministério da Educação (MEC) decidiram pelo adiamento da aplicação dos exames nas versões impressa e digital. As datas serão adiadas de 30 a 60 dias em relação ao que foi previsto nos editais.

Para tanto, o Inep promoverá uma enquete direcionada aos inscritos do Enem 2020, a ser realizada em junho, por meio da Página do Participante. As inscrições para o exame seguem abertas até as 23h59 desta sexta-feira, 22 de maio.”

arquivo

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Hora do Horror traz diversão imersiva inspirada em fatos reais

Alcatraz — Rebelião das Almas acompanha o médium John Feltner em investigação paranormal

Fretamento de onibus para as manifestações de 7 de Setembro na Paulista

Já estão com dificuldades de reservar ónibus para as manifestações de 7 de Setembro na Av. Paulista. A comemoração do Bi-centenário da Independência será o dia mais importantes dos últimos 200 anos.

Acabou a mamata: Câmara aprova fim das saídinhas de presos

Confira como votaram os deputados de SP. FROTA, TIRIRICA, e toda a quadrilha do PT, PSB, PSOL e PCdoB , desejavam que os bandidos continuassem nas ruas

Sextou: Confira a programação para o primeiro final de semana de Agosto

Fresno Fresno, Gusttavo Lima, Abba Experience, A Pequena Sereia,  Anime Fest, Biblioteca e shopping tambem trazem programação especial.

Grupo Teatral Fora de Hora se apresenta em Serrana

Nesta nova obra intitulada “Bernardo Literato”, inspirada no enredo do livro infantil “João das Letras”, de Regina Rennó, o coletivo teatral conta a história de Bernardo, um jovem escritor cujo sonho é realizar sua carreira enquanto artista.
- PUBLICIDADE -