InícioEducaçãoAlunos da rede municipal preparam Natal Solidário para idosos do Asilo Padre...

Alunos da rede municipal preparam Natal Solidário para idosos do Asilo Padre Euclides

- continua após a publicidade -

O Grêmio Estudantil da Emef Maria Ignez Lopes Rossi, localizada no Jardim Manoel Penna, está organizando um evento pra lá de emocionante para esta sexta-feira, 2 de dezembro. Com apoio da escola, os estudantes vão visitar o Asilo Padre Euclides e fazer um “Natal Solidário” para os 50 idosos atendidos pela instituição.

Muito animados com a atividade, que envolveu toda a escola durante o último mês, os alunos esperam fazer a diferença na vida dos velhinhos e levar um pouco de carinho e emoção a eles. A ideia é cantar, dançar e contar muitas piadas, além de presentear cada idoso com um “kit” de higiene pessoal (com toalha, sabonete, pasta e escova de dentes), carinhosamente preparado e embalado pelas crianças.

Nas aulas de Arte, os alunos ainda trabalham na produção de enfeites para decorar o ambiente e levar o clima de Natal ao Asilo Padre Euclides.
Aproximadamente 20 alunos devem participar da atividade, que será acompanhada pela direção da escola e professores.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Com dois a menos, Palmeiras se classifica na libertadores

10 SEMIS DE #LIBERTADORES NA HISTÓRIA! 10 CLASSIFICAÇÕES CONSECUTIVAS EM MATA-MATA NO TORNEIO! 10 PASSAGENS DE FASE EM #LIBERTADORES EM CASA!

Patriotas vão para Paulista: Ribeirão inicia preparativos para o desfile de 7 de Setembro

Em Ribeirão vários grupos se organizam para participar das manifestações em São Paulo, dia que esta sendo considerado o mais importante dos últimos 200 anos. Confira como participar.

WhatsApp lança novas ferramentas para garantir mais segurança e privacidade aos usuários

As funções do aplicativo de mensagens estão em fase de testes, mas devem chegar ao público em breve

Vereador esquerdista que defende mulheres deve cumprir medida protetiva com a ex-namorada

a vítima se sente perseguida e agredida moralmente e psicologicamente pelo autor

“Funcionário” recebe R$ 22 mil por mês da Câmara para estudar Direito na USP em período integral

Trabalhar por que? Se nem os vereadores fazem isso, o O acadêmico em questão é Saulo Wellington Marchiori Magron, lotado no cargo de agente de administração
- PUBLICIDADE -