Início Economia SPC Brasil aponta que as principais metas dos brasileiros são financeiras

SPC Brasil aponta que as principais metas dos brasileiros são financeiras

- continua após a publicidade -

De acordo com uma pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), os principais projetos dos brasileiros para 2019 contemplam metas financeiras. Os dados revelam que os objetivos primordiais dos entrevistados são juntar dinheiro (51%) e sair do vermelho (37%).

A organização financeira é possível, mas requer um controle rígido. Claudio Gaspar de Mello, docente da área de gestão e negócios do Senac Ribeirão Preto, orienta que, para conquistar os sonhos a curto, médio e longo prazo, é preciso estabelecer e seguir planejamentos para equilibrar as contas e o orçamento familiar. O profissional pondera que para atingir objetivos como juntar dinheiro e sair do vermelho, o consumidor deve estabelecer estratégias como controlar o orçamento, planejar e poupar.

“Além disso, é preciso fazer uma reserva financeira para eventuais problemas e gastos inesperados. Mesmo em tempos de boas perspectivas, é preciso economizar, pois expectativas não significam a realidade do mercado”, afirma Claudio.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Carlos Cervillieri, também docente da área de gestão e negócios do Senac, afirma que a organização financeira baseada em um gerenciamento dos ganhos e gastos exige disciplina. Por isso, a primeira ação é elaborar registros em planilhas, contemplando valores fixos dos meses futuros e previsão das possíveis variáveis.

“Somente mediante a organização orçamentária é possível analisar qual a situação financeira atual e, assim, tomar decisões para o futuro. Caso o ‘caixa’ esteja desfavorável, é possível analisar quais ações serão melhores para se estabilizar financeiramente”, explica Carlos.

Para auxiliar os brasileiros a conquistar as metas apontadas pela pesquisa, os especialistas preparam dez dicas:

  • Defina seus objetivos e metas financeiras com clareza;
  • Identifique seus comportamentos como consumidor;
  • Não se deixe levar pelo consumo de supérfluos;
  • Analise os gastos elencando prioridades;
  • Regularize as dívidas em atraso;
  • Realize financiamentos só quando necessário. Caso precise, avalie as taxas de juros;
  • Guarde parte dos rendimentos para despesas emergenciais;
  • Realize ações preventivas para controlar melhor os gastos, como: economia de contas de consumo (água, energia, internet), pagamento total da fatura do cartão de crédito e definição de lista de compra para o supermercado;
  • Faça um planejamento financeiro estruturado a partir de planilhas;
  • Gaste menos, economize mais.

Cenário empresarial

Quando o tema é finanças, o controle orçamentário também cabe para pessoas jurídicas ou empresas, independentemente do ramo de atividades. A organização econômica pode garantir uma boa saúde financeira para as companhias, porém muitas ainda passam por dificuldades por falta de um planejamento adequado.

“Somente com o domínio do dinheiro em caixa é possível estabelecer, antecipadamente, ações que serão executadas em cenários e condições diversas. Com o controle das finanças será possível alcançar os objetivos e metas fixados para o ano, bem como ter tomadas de decisões mais assertivas”, avaliam os docentes do Senac Ribeirão Preto.

Para tanto, é necessário realizar um acompanhamento financeiro adequado e controlar as contas a pagar e receber. Algumas dicas dos especialistas são: sempre deixar os registros atualizados, identificar as despesas e as receitas da empresa e incluir o capital de giro nas anotações, para manter o fluxo de caixa saudável e não passar por situações corporativas indesejadas.

Serviço:

 

Senac Ribeirão Preto
Endereço: Av. Capitão Salomão, 2133, Jardim Mosteiro – Ribeirão Preto/SP
Mais informações e inscrições: www.sp.senac.br/ribeiraopreto

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Caixa cadastrou 10 milhões de benefícios emergenciais em seis horas

Deve terminar dia com até 20 milhões de inscritos. Nos faz pensar, após o termino desta ajuda, quantos milhões ficarão sem qualquer renda?

O estado brasileiro tem legitimidade para a restrição do direito de circulação?

Diante da pandemia do COVID-19, é imperioso refletir sobre quem controla o direito de ir e vir dos cidadãos.

Governo começa a pagar auxílio emergencial de R$ 600 na quinta-feira

Quanto é pago e por quanto tempo? Cada pessoa que tiver direito deve receber R$ 600...

Olha o golpe: Debate sobre cancelamento das eleições municipais será feito em meio à crise.

A palavra final deve ser dada pelo Congresso Nacional, a quem caberia a aprovação de uma emenda à Constituição.

Auxílio emergencial de R$ 600: Aplicativo e site já estão disponíveis

Qualquer outro site ou app é falso, nesta matéria você encontra o link e informações oficiais. Cuidado com GOLPISTAS. Confira a coletiva
- PUBLICIDADE -