Início Economia SINCOVARP e CDL RP repudiam prorrogação da quarentena nos 645 municípios paulistas

SINCOVARP e CDL RP repudiam prorrogação da quarentena nos 645 municípios paulistas

Se a estratégia é acabar com o setor produtivo pra combater o vírus, as autoridades públicas estão conseguindo.

- continua após a publicidade -

O SINCOVARP – Sindicato do Comércio Varejista de Ribeirão Preto, e a CDL Ribeirão Preto – Câmara de Dirigentes Lojistas, LAMENTAM e REPUDIAM a decisão do governador João Doria, de prorrogar a quarentena nos 645 municípios do Estado de São Paulo até o próximo dia 31 de maio de 2020 (domingo).

Tal decisão trará consequências, muitas delas imprevisíveis e ainda mais devastadoras, para a economia da cidade e do Estado de São Paulo. Pode gerar impactos que prejudicariam até mesmo o próprio combate à pandemia.

Segundo informações do próprio Comitê Técnico de Contingência em Saúde Covid-19, exaustivamente divulgadas nas últimas semanas e levadas ao conhecimento do governador e equipe, o município de Ribeirão Preto possui condições de promover a reabertura do Comércio Varejista e das empresas de serviços, já a partir de 11 de maio (segunda), conforme planejamento desenvolvido pelo Grupo de Transição e Retomada.

A prorrogação da quarentena está conduzindo o Estado de São Paulo para um colapso socioeconômico que vai intensificar a onda de fechamento de empresas e de desemprego em massa que já está ocorrendo, com sério risco de provocar atos de desobediência às leis, violência e desordem social, pobreza, fome e caos ainda maior no sistema de saúde.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Defendemos que o governador João Doria RECONSIDERE a prorrogação da quarentena em todos os municípios paulistas e entenda que, em Ribeirão Preto e região, assim como ocorre em outras regiões do estado, a situação não é crítica como na cidade de São Paulo e em outros centros urbanos próximos da capital.

SINCOVARP e CDL RP são entidades ligadas respectivamente à Fecomercio SP – Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo, e à FCDLESP – Federação das Câmaras de Dirigentes Lojista do Estado de São Paulo, instituições que avaliam a adoção de medidas que a gravidade do momento exige, para uma eventual retomada das atividades.

Será preciso que os lojistas de Ribeirão Preto tenham muita força, resiliência e determinação para atravessar essa quarentena tão longa e devastadora, ainda mais para as micro e pequenas empresas. Para tanto, SINCOVARP e CDL RP continuarão ao lado dos comerciantes da nossa cidade, dando voz a eles e ajudando na busca de soluções para este setor que está sendo enormemente sacrificado dentro do combate ao Covid-19.

Se a estratégia é acabar com o setor produtivo pra combater o vírus, as autoridades públicas estão conseguindo. Gostaríamos de ver essa mesma responsabilidade, agilidade e eficiência na boa gestão dos recursos públicos e no combate à corrupção, além de tantos outros males que acabam com o nosso amado Brasil!

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

CIÊNCIA: MPF de GO afirma resultados positivos no tratamento precoce

A rápida redução da carga viral e dos marcadores inflamatórios é o principal objetivo do tratamento inicial, pois estes eventos é que irão impactar na redução de duração de sintomas, dias de internação e mortalidade.

Nota de posicionamento SINCOVARP/CDL Ribeirão Preto

Bons eram os tempos em que o SINCOVARP/CDL tinham diretores que defendiam os interesses dos comerciantes e não se baixavam para não mostrar a bunda

Nogueira confirma: Ribeirão Preto passa para fase vermelha a partir do próximo sábado

Sobre o toque de recolher, nem mesmo o prefeito soube explicar como funcionara, e afirmou que divulgará ate a próxima Sexta-feira

Estudos mostram que vacina do Doria não funciona na nova cepa do vírus

“os resultados sugerem que a P.1 pode escapar de anticorpos neutralizantes induzidos por uma vacina de vírus inativado”, como a CoronaVac.

Zona vermelha com toque de recolher a partir das 20 horas em Ribeirão Preto e todo estado

A montanha russa continua, quem esta com peixe, carne, bebidas em estoque volta a perder o que investiu, e academias continuam a pagar aluguel e impostos sem trabalhar.
- PUBLICIDADE -