Início Economia Setembro tem a maior criação de emprego formal para o mês desde...

Setembro tem a maior criação de emprego formal para o mês desde 2013

157.213 postos formais de trabalho foram criados no último mês.

- continua após a publicidade -

Beneficiada pelos serviços e pela indústria, a criação de empregos com carteira assinada atingiu, em setembro, o maior nível para o mês em seis anos e o sexto mês seguido de crescimento. Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, 157.213 postos formais de trabalho foram criados no último mês. O indicador mede a diferença entre contratações e demissões.

A última vez em que a criação de empregos tinha superado esse nível foi em setembro de 2013, quando as admissões superaram as dispensas em 211.068. A criação de empregos totaliza 761.776 de janeiro a setembro, 6% a mais que no mesmo período do ano passado.

Setores

Na divisão por ramos de atividade, sete dos oito setores pesquisados criaram empregos formais em setembro. O campeão foi o setor de serviços, com a abertura de 64.533 postos, seguido pela indústria de transformação (42.179 postos). Em terceiro lugar, vem o comércio (26.918 postos).

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O nível de emprego aumentou na construção civil (18.331 postos); na agropecuária (4.463 postos), no extrativismo mineral (745 postos) e na administração pública (492 postos). O único setor que demitiu mais do que contratou foram os serviços industriais de utilidade pública, categoria que engloba energia e saneamento, com o fechamento de 448 postos.

Tradicionalmente, a geração de emprego é alta em setembro, por causa da produção da indústria para o natal e do aquecimento do comércio e dos serviços para as festas de fim de ano. Na agropecuária, o início da safra de cana-de-açúcar é a principal responsável pela geração de empregos, principalmente no Nordeste.

Regiões

Todas as regiões brasileiras criaram empregos com carteira assinada em setembro. O Nordeste liderou a abertura de vagas, com 57.035 postos, seguido pelo Sudeste (56.833 vagas) e pelo Sul (23.870 vagas). O Centro-Oeste criou 10.073 postos, e o Norte abriu 9.352 vagas formais no mês passado.

Na divisão por estados, todas as 27 unidades da Federação geraram empregos no mês passado. As maiores variações positivas no saldo de emprego ocorreram em São Paulo (abertura de 36.156 postos), em Pernambuco (17.630), em Alagoas (16.529) e no Rio de Janeiro (13.957).

Rais

O Ministério da Economia também divulgou os números da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) de 2018. O ano passado fechou com 46, 63 milhões de vínculos, 349,52 mil a mais do que em 2017, o que corresponde a um aumento de 0,8% nos postos com carteira assinada no país.

No ano passado, foram abertos na iniciativa privada 371.392 postos de trabalho com carteira assinadaa, 1,02% a mais do que em 2017. Houve crescimento em quatro das cinco regiões do país, com liderança para o Nordeste, onde a oferta de vagas subiu 1,21%. A segunda maior alta foi registrada no Sul (1,1%), seguido pelo Norte (0,96%) e pelo Sudeste (0,67%). Apenas no Centro-Oeste, houve fechamento de postos de trabalho, com queda de 0,52%.

Das 27 unidades da federação, 19 fecharam com desempenho positivo no emprego formal – principalmente Maranhão, Mato Grosso, Amapá, Santa Catarina e Amazonas.

O aumento no emprego foi maior na faixa de trabalhadores de 40 a 49 anos, com a abertura de 258 mil vagas. Em segundo lugar, vieram os empregados de mais de 50 anos (153 mil vagas), seguido pela faixa de 30 a 39 anos (83 mil vagas). A diferença entre homens e mulheres diminuiu levemente, com o emprego feminino subindo de 40% em 2017 para 40,1% dos postos de trabalho em 2018.

Em relação à escolaridade, o maior crescimento foi registrado entre os trabalhadores com ensino superior completo (458 mil vagas), seguido pelos que têm o ensino médio (373 mil) e o superior incompleto (69 mil). Nos demais níveis de educação, houve fechamento de vagas.

publicidade
publicidade

Últimas Notícias

Poupatempo recebe mechas de cabelo para pacientes com câncer

As doações arrecadadas serão transformadas em próteses capilares pelo Fundo Social de São Paulo

Jogo solidário vai reunir ícones do futebol brasileiro em Pitangueiras

Amistoso Solidário “Amigos do Careca” será no dia 24 de novembro

Inep divulga hoje gabaritos oficiais do Enem

Também serão divulgados os Cadernos de Questões, em todas as suas versões.

Auxílio Desemprego: 44 bolsistas poderão trabalhar em áreas de limpeza e conservação

O programa é destinado a trabalhadores desempregados há no mínimo um ano, maiores de 17 anos

Francisco Barretto, Gustavo Teodoro e Matheus Benine são atletas de RP homenageados por medalhas...

Na manhã desta quarta-feira, dia 13 de novembro, a Secretaria de Esportes realiza uma homenagem aos atletas medalhistas na 7ª edição dos...

Sertãozinho: Funcionários do Cartório estão na Câmara de Sertãozinho esperando por você que ainda...

Os funcionários do Cartório Eleitoral de Sertãozinho estão, novamente, na Câmara de Sertãozinho, para promover o cadastro biométrico dos cidadãos.
Equipe de Ciclismo Base de Ribeirão Preto

Ciclismo de RP inicia disputa dos Jogos Abertos do Interior

Disputas começam nesta quinta com a prova de BMX e terminam na terça-feira, dia 19

Em Ribeirão Preto, especialistas em tecnologia abordam inclusão digital para terceira idade

Iniciativa faz parte da Rede Amigo do Idoso e encontros serão realizados em 30 cidades do estado de São Paulo

Ribeirão Preto terá complexo comercial de arquitetura dentro do Shopping Iguatemi

Mais de 40 fornecedores do mercado de arquitetura e construção no mesmo espaço

Sinfônica de Ribeirão apresenta Missa de Mozart na Igreja Santo Antônio

Local: Igreja Santo Antônio (Rua Paraíba 747)
- PUBLICIDADE -