InícioEconomiaRibeirão Preto registra aumento de 30% na abertura de empresas em 2019

Ribeirão Preto registra aumento de 30% na abertura de empresas em 2019

- continua após a publicidade -

Segundo dados do Empresômetro, portal de inteligência de mercado criado pelo Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação para medir o número de empresas no país, Ribeirão Preto já registrou 7.515 novos negócios abertos entre janeiro e maio de 2019. Uma média de 1.503 empresas criadas por mês. O número aponta um amento de 30,12% em relação ao mesmo período de 2018, quando registrou 1.155 aberturas a cada 30 dias.

 

A estatística de empreendedores na cidade reflete um cenário visto no Brasil de maneira geral. Dados do IBGE apontam que nos últimos cinco anos, desde o período pré-recessão, o número de MEIs no país já cresceu mais de 120%.  “Abrir o próprio negócio, oferecer serviços de maneira independente e arriscar-se em uma nova área estão entre as principais alternativas dos brasileiros que tentam ingressar no mercado de trabalho de maneira mais rentável. O trabalho de regime CLT, para muitos, é uma realidade distante”, pontua Gabriela de Oliveira, docente da área de gestão e negócio do Senac Ribeirão Preto.

 

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Mas para que a empresa seja, de fato, fonte de renda e não de prejuízo, a especialista orienta que é preciso mais do que fazer um investimento financeiro, é necessário apostar em conhecimento. “Muitas pessoas se enganam ao achar que conseguir abrir um negócio é apenas o que importa. É preciso ser empreendedor, e nem sempre os empresários são. Por isso vemos tantos empreendimentos fecharem antes dos cinco anos de vida. Para dar certo, é fundamental investir em capacitação, para compreender esse braço do universo corporativo.”

 

Segundo Gabriela, ser empreendedor é desenvolver habilidades para sempre inovar, criar projetos, pensar em possibilidades para a empresa crescer em seu segmento e ter um olhar aprimorado de mercado. A docente ainda lembra que o desejo de ser dono do próprio negócio também está presente nas novas gerações, que, por vezes, não encontram nas relações de trabalho os desafios e a rapidez que desenham para seu desenvolvimento profissional.

 

“Os jovens já ocupam um espaço significativo entre os microempreendedores. Cada vez mais cedo eles conseguem enxergar aonde querem chegar e, consequentemente, mais cedo direcionam os esforços para conquistar isso, investindo em capacitação e em ferramentas que darão suporte para alcançar o sucesso profissional frente ao próprio negócio”, ressalta a especialista.

 

No Senac Ribeirão Preto, o curso Atitude Empreendedora dá bagagem prática e teórica a quem deseja planejar e desenvolver uma carreira de sucesso na direção de micro, pequenos e médios estabelecimentos. Durante as aulas, ainda são trabalhadas as características mais almejadas pelas empresas em suas equipes. “Ministramos o curso visando desenvolver nos alunos o planejamento necessário para sustentar um negócio. Para isso, trabalhamos a visão crítica e de mercado, bem como a atitude colaborativa e empreendedora” explica Gabriela.

A formação já está com inscrições abertas no Portal Senac (www.sp.senac.br/ribeiraopreto) ou diretamente na unidade. As aulas iniciam em 2 de julho.

Serviço:

 

Atitude Empreendedora

Data: 2 a 30 de julho de 2019

Horário: às terças e quintas-feiras, das 19 às 22 horas

Local: Senac Ribeirão Preto

Endereço: Av. Capitão Salomão, 2133, Jardim Mosteiro – Ribeirão Preto/SP

Informações e inscrições: www.sp.senac.br/ribeiraopreto

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

O fundo do posso sem fundo: Fiocruz indica atenção com dengue

Períodos chuvosos atrelados ao calor são favoráveis à proliferação do Aedes aegypti, que é também transmissor do vírus da zika e chikungunya.

Mãe do presidente Jair Bolsonaro morre aos 94 anos

De Uma família humilde do interior de São Paulo, dona Olinda, partiu mas pode ver os feitos do filho. Nossos sentimentos ao @jairmessias.bolsonaro

Coronavac é liberada e SP confirma dose para crianças em até 3 semanas

Eles garantem que o medicamento é seguro, e casos de mortes não são relacionados com a picada salvadora. Se ele garante nós acreditamos na ciência.

Criança de 10 anos infartou depois da picada mas o motivo não foi a vacina

Prefeitura diz que criança teve parada cardíaca após vacina, mas estado rapidamente concluiu que criança tinha doença rara no coração que os pais não sabiam. E nós acreditamos no trancarua

Nogueira esqueceu? Site e redes sociais da prefeitura não fizeram qualquer menção a data

Prefeitura não programou qualquer evento, não fez menção a data, simplesmente não lembraram a data.
- PUBLICIDADE -