Início Economia Renata Mello fecha fábricas de calçados e demite 1.800 funcionarios

Renata Mello fecha fábricas de calçados e demite 1.800 funcionarios

Para cada emprego direto, a linha de produção oferece mais 30 empregos indiretos, que apenas neste caso somam mais de 32 mil trabalhadores atingidos

- continua após a publicidade -

Após conceder férias coletivas aos seus empregados nas diversas unidades de produção, a Indústria de Calçados Renata Mello concluiu o processo de demissão em massa e acabou encerrando as atividades sexta-feira (8).

De acordo com informações do sindicato que representa a categoria dos calçadistas, foram aproximadamente 1.800 demissões, um verdadeiro baque econômico em plena pandemia do Coronavírus, período de extrema escassez de empregos.

A saída da Renata Mello da região aconteceu sob a omissão total do governo estadual, que através do deputado estadual Rosemberg Pinto (PT) havia prometido uma solução para contar o processo de fechamento das fábricas na região, porém nenhuma medida foi tomada.

Para cada emprego direto, a linha de produção oferece mais 30 empregos indiretos, que apenas neste caso somam mais de 32 mil trabalhadores atingidos.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O caos, já é uma realidade.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Pararam tudo menos os impostos, taxas publicas, alugueis, pedágios, multas

Durante um ano brincaram com a população com abre e fecha, quando em Ribeirão nem tínhamos casos. Onde estão os hospitais de campanha e o dinheiro que o governo federal enviou?

Governo suspende recursos da Lei Rouanet para estado com restrição

Medida publicada nesta sexta (5) prevê que não serão analisados recursos de eventos que envolvam interação com o público, uma vez que tudo esta proibido

Prefeitura suspende atendimento presencial aos munícipes a partir de segunda-feira

Para os funcionários concursados e nomeado, este periodo tem sido uma maravilha. Um ano em casa com salário integral e benefícios.

Com restrições, lojistas de shoppings falam em demissões em massa

"O poder público deveria, desde o começo, manter hospitais de campanha, aumentar a testagem, reforçar a oferta de transporte público"

Agendamento para vacinação de idosos entre 80 e 84 anos será reaberto ao meio-dia desta sexta-feira, dia 5

Vacinação será na segunda-feira, dia 8, das 8h30 às 14h30, em 26 salas de vacina nas UBSs (Unidade Básicas de Saúde) distribuídas pela cidade
- PUBLICIDADE -