Início Economia Petrobras anuncia redução do preço do diesel em 10,4% e da gasolina...

Petrobras anuncia redução do preço do diesel em 10,4% e da gasolina em 3,1%

- continua após a publicidade -

A Petrobras informou nesta terça-feira (8) que vai baixar novamente o preço dos combustíveis nas refinarias, para que fiquem mais alinhados com os preços no exterior. A gasolina ficará 3,1% mais barata, em média, e o óleo diesel, 10,4%.

A mudança é no preço das refinarias, o que significa que o preço final para o consumidor pode não cair, necessariamente, na mesma proporção. A mudança entra em vigor à meia-noite desta terça-feira.

Se esse reajuste for repassado ao consumidor integralmente, a gasolina pode cair 1,3% ou R$ 0,05 por litro e o diesel pode ficar 6,6% ou cerca de R$ 0,20 por litro mais barato, calcula a estatal.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A última baixa nos preços para as refinarias havia sido anunciada em 14 de outubro. Porém, em muitos Estados os preços nas bombas subiram em vez de cair. Um dos motivos foi a alta do preço do álcool anidro, adicionado à gasolina e que representa 27% do combustível.
Preços serão revistos ao menos uma vez por mês

A medida faz parte de uma nova política de preços adotada pela direção da empresa no mês passado.

Essa política é norteada por dois fatores:
o preço do petróleo no mercado internacional (incluindo gastos com transporte e taxas portuárias) e uma margem para lucro, impostos e proteção de riscos, como variações na cotação do dólar.

A empresa diz que não vai cobrar preços abaixo dos praticados no exterior, ou abaixo dos custos.

Os preços serão revistos pelo menos uma vez por mês pelo Grupo Executivo de Mercado e Preços da Petrobras, formado pelo presidente da estatal, Pedro Parente, o diretor de Refino e Gás Natural, Jorge Ramos, e o diretor Financeiro e de Relacionamento com Investidores, Ivan Monteiro.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Petrobras não repassou preços no passado.
A política de preços da Petrobras foi alvo de críticas no passado, principalmente no governo da presidente Dilma Rousseff.
Os preços dos combustíveis no Brasil são controlados pelo governo, que é sócio majoritário da petroleira.

A estatal mantém o monopólio na produção e importação do combustível no país. Em geral, a empresa compra combustíveis no exterior e revende-os no país.

No início do ano, a cotação do petróleo no mercado internacional caiu a níveis históricos, mas a Petrobras decidiu não repassar essa queda para o preço dos combustíveis. Ao importar combustível mais barato e vendê-lo pelo mesmo preço de antes, os ganhos da Petrobras com a revenda aumentaram.

Na época, críticos afirmaram que, ao manter os preços artificialmente, o governo estava usando a política de preços para recuperar parte do que perdeu quando o petróleo estava caro lá fora –e o preço não subiu aqui– e para tentar aliviar as contas da Petrobras, em meio a um endividamento muito grande da companhia.

A então presidente Dilma Rousseff disse, na ocasião, que “o governo não tem nada a ver com subir ou baixar o preço da gasolina” e que cabe à Petrobras avaliar se é o caso de reduzir os preços dos combustíveis no país.

(Com Reuters)

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Dia Nacional do Surdo é marcado com curso gratuito de Libras

faz parte de programação especial em celebração ao Setembro Verde, mês da inclusão e do Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência

Weclix entregou de 10 mil máscaras para entidades de Ribeirão Preto, Sertãozinho e Jardinópolis

Houve distribuição de máscaras em diversas comunidades carentes de Ribeirão Preto, a ação foi comandada pelo coordenador de projetos Ismael Colosi.

Não te contaram mas você vai doar 161 mil computadores para professores

Investimento será de R$ 322 milhões ao longo de dois anos; docentes poderão escolher e comprar computador de até R$ 2 mil

Hospital de Campanha do Ibirapuera dá alta ao último paciente e homenageia profissionais de saúde

Celebração com profissionais de segurança encerra os 5 meses de funcionamento da unidade criada pelo Governo do Estado exclusivamente para atender pacientes com COVID-19

A luta continua entre bolsonarista e traidores

Se confirmado a prefeitura, Ribeirão Preto terá um representante bolsonarista alinhado com o projeto de limpar a corrupção que fez parte da vida dos moradores nos últimos anos.