Início Economia Passaredo é vendida para o grupo de transporte rodoviário Itapemirim

Passaredo é vendida para o grupo de transporte rodoviário Itapemirim

- continua após a publicidade -

A Passaredo empresa Ribeiraopretana, anunciou na noite desta segunda-feira (3) a venda da empresa para o Grupo Itapemirim, grupo tradicional no transporte rodoviário de cargas e passageiros, que atua em 22 estados e conta com 1,2 mil ônibus.
Com novos objetivos e aquisições de aeronaves, os novos administradores buscam a integração entre as malhas aérea e terrestre atingirá cerca de 2,5 mil cidades brasileiras.

Hoje a Passaredo possui sete aviões e atende 20 cidades, os novos gestores anunciaram uma rápida expansão, para 80 os destinos aéreos no interior do país e adquirir 20 novas aeronaves até o final do próximo ano.

Historia da Passaredo
A Passaredo Linhas Aéreas foi fundada em 1995 por José Luiz Felício, pai do atual presidente da empresa, José Luiz Felício Filho, em Ribeirão Preto (SP), após adquirir dois turboélices Embraer EMB 120 Brasília, matriculados PP-PSA e PP-PSB e alugar um terceiro avião do mesmo modelo, de prefixo PP-PSC.

Outras aeronaves passaram a fazer parte da frota da empresa, como dois Airbus A310, matriculados PP-PSD e PP-PSE, utilizados em voos fretados por agências de turismo, e dois ATR 42-320, de prefixos PP-PSF e PP-PSG.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Os Airbus foram devolvidos às empresas de leasing menos de dois anos após serem colocados em operação, devido à desvalorização do Real.

Em 2002, após devolver os dois ATR, a empresa passava por dificuldades e encerrou suas operações, que só foram retomadas dois anos depois sob o comando de Felício Filho com apenas um avião, o PP-PSA.

Algum tempo depois, o PP-PSB também voltou a voar e outros quatro Brasília foram incorporados à frota, que foi totalmente trocada por jatos ERJ 145 a partir de abril de 2009, com a chegada do PR-PSF.

Em novembro de 2010, a Passaredo se tornou a única companhia aérea brasileira a operar um ERJ 135, matriculado PT-TJA. A aeronave foi devolvida ao arrendador em setembro de 2011.

O único acidente da história da empresa aconteceu no dia 25 de agosto de 2010, quando o ERJ 145 de prefixo PR-PSJ pousou sem conseguir baixar o trem de pouso no aeroporto de Vitória da Conquista (BA). Após tocar a pista, o jato saiu pelo lado esquerdo e uma das turbinas pegou fogo. Não houve feridos, mas o avião ficou irrecuperável.

Sobre a Passaredo: A Passaredo Transportes Aéreos S.A. – Em Recuperação Judicial, iniciou sua operação no ano de 1995, sendo uma empresa de transporte aéreo de característica regional, utilizando atualmente em sua operação uma frota de 7 aeronaves ATR 72, contando com aproximadamente 700 funcionários. Transportou no ano de 2016 mais de 800.000 passageiros, e atende hoje a 20 cidades em 9 Estados do Brasil. No ano de 2012, ajuizou processo de Recuperação Judicial, o qual foi aprovado e encontra-se em pleno cumprimento. A Passaredo opera de forma complementar com as malhas aéreas das empresas LATAM LINHAS AÉREAS S.A., através de codeshare, e GOL LINHAS AÉREAS S.A., através de contrato interline. Atualmente a Passaredo é a única empresa aérea brasileira com operação genuinamente regional.

Sobre a Itapemirim: O Grupo formado pela Viação Itapemirim – Em Recuperação Judicial, é um dos principais grupos de transporte rodoviário que operam hoje no Brasil. Fundada em 1953, a Viação Itapemirim conta com tradição em transporte rodoviário, tornando-se sinônimo de conforto e credibilidade. Com mais de 1000 agencias próprias espalhadas por todo Brasil, está presente em 22 Estados, e atingiu o número consolidado no último ano de 9.800.000 passageiros transportados. Conta com uma frota de 1.200 ônibus.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Esposa de Daniel Silveira recebeu auxílio emergencial de maneira irregular

Político sendo político: Esposa do deputado trabalhando em cargo comissionado, recebe 5.600,00 por mês, mas não abriu mão do auxilio

Prefeitura de Ribeirão Preto poderá comprar vacina por conta

Enquanto Nogueira usou dinheiro enviado para combate ao Covid-19 para pagar funcionários públicos, agora um projeto populista que na pratica não funciona

Entidade pede ao STF liberação de cocaína para combater Covid-19

Ivermectina, cloroquina são um perigo para a saúde, mas a cocaína é a salvação na pandemia.

Governador do Texas Anuncia Fim das Restrições e Abertura Total da Economia

O governador também anunciou o fim do uso obrigatório de máscaras no Texas.

Lira: acordo com governadores destina R$ 14,5 bi para saúde

Será criado grupo para acompanhar fabricação de vacina no Brasil
- PUBLICIDADE -