Início Economia Dia das crianças gera 7 milhões de pedidos via e-commerce, afirma Compre&Confie

Dia das crianças gera 7 milhões de pedidos via e-commerce, afirma Compre&Confie

Levantamento mostra aumento de 26,8% em relação ao mesmo período do ano passado. Categoria de Entretenimento tem aumento mais expressivo do que Brinquedos

- continua após a publicidade -

Com foco em presentear os pequenos sem sair de casa, cada vez mais pessoas optam pelas compras on-line. Um levantamento realizado pelo Compre&Confie mostra que o número de pedidos realizados com foco no Dia das Crianças aumentou 26,8% em relação ao mesmo período de 2018, totalizando 7 milhões de compras online.

As vendas foram realizadas entre os dias 28 de setembro e 11 de outubro e geraram faturamento de R$ 2,7 bilhões, aumento de 24,9% em relação ao mesmo período do ano passado.

“O ambiente online torna-se uma opção cada vez mais atrativa para os compradores brasileiros também em datas sazonais, pois além de permitir a compra com maior comodidade e rapidez, ajuda os consumidores em todo o processo de busca e escolha do presente ideal, através de informações detalhadas dos produtos e avaliação dos próprios consumidores.”, afirma André Dias, diretor executivo do Compre&Confie.

Esse aumento foi sentido principalmente pela categoria de Entretenimento (Livros, DVDs, Games, Papelaria e Tickets), cujo aumento no número de pedidos foi de 30,1% em relação ao mesmo período do ano passado. Em faturamento, o incremento foi de 12,4%.

A categoria de Brinquedos (produtos para bebês e brinquedos) também sentiu o impacto da data, ainda que em grau menor: registrou aumento de 11,8% no número de pedidos e de 2,2% no faturamento.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Perfil do consumidor

A maior parte das compras foi feita por consumidores que têm entre 26 e 35 anos (33,7% do total de pedidos), seguidos por compradores de 36 a 50 anos (32,7%). Em terceiro lugar, estão os que têm até 25 anos (19,7%) e, em quarto lugar, os que têm mais de 51 anos (13,9%).

Sobre o Compre&Confie:

O Compre&Confie é uma empresa da ClearSale, referência em inteligência de mercado e líder no mercado antifraude para e-commerce. A companhia monitora vendas reais de mais de 80% do varejo digital brasileiro e tem o objetivo de gerar a maior rede de confiança online do Brasil por meio de produtos para varejistas (B2B) e consumidores (B2C).

Para os consumidores, a companhia oferece um serviço 100% gratuito por meio do aplicativo Compre & Confie. Com ele, é possível monitorar o uso do CPF nas compras realizadas no mercado online e notificar compras indevidas. Também é possível ter acesso a pesquisas de satisfação para avaliar a experiência de compra em lojas online e, a partir das respostas, receber cupons e concorrer a prêmios semanais.

Com foco no varejo, indústria e mídia, o Compre&Confie oferece uma metodologia de captura de dados de vendas online em tempo real para que seja possível acompanhar as vendas no comércio eletrônico de maneira muito precisa. Além disso, os varejistas online são beneficiados com um selo de reputação, obtido pela avaliação dos consumidores online.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

‘PESSOAS VÃO MORRER DE FOME COM LOCKDOWN,’ DIZ SECRETÁRIO DE DORIA

Jean Gorinchteyn afirmou em entrevista, que é contra a decretação do “lockdown” em todo o Brasil como tentativa de conter o avanço da Covid-19.

Ribeirão Preto: Algumas lutas fazem um mundo melhor!

Neste Dia Internacional da Mulher, o Banco de Sangue de Ribeirão Preto celebra com todas as mulheres as conquistas alcançadas

Todo sofrimento do torcedor voltou em 2021. Botafogo perde em casa

O Pantera volta a campo na segunda-feira (8), quando enfrenta a Ferroviária, às 19h, na Arena Fonte Luminosa

Curso de Espanhol é oferecido gratuitamente na Funtec

Fundação inicia nova turma com o objetivo de oferecer oportunidade de formação para os alunos encararem o mercado de trabalho

Rede Municipal inicia aulas on-line na próxima segunda-feira

Alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental, EJA e Educação Especial terão o suporte e as ferramentas necessárias para o início das atividades
- PUBLICIDADE -