InícioEconomiaCompras pela internet crescem 40% com o impacto do novo Coronavírus

Compras pela internet crescem 40% com o impacto do novo Coronavírus

Segundo dados do Compre & Confie, Estudo aponta que lojas virtuais registraram alta de 180% em transações.

- continua após a publicidade -

Com o isolamento social, a fim de evitar contatos diretos para combater o novo coronavírus, os consumidores brasileiros estão criando novos hábitos de compras pela internet.

Segundo dados do Compre & Confie, empresa do grupo ClearSale que trabalha com inteligência de mercado e atua no ramo de antifraude para e-commerce, a alta das vendas totais chegou a 40% nos primeiros 15 dias do mês.

No comparativo entre 2019 e 2018, as compras via internet tinham aumentado 4%, segundo o Comitê de Métricas da câmara-e.net.

Já a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), informa que algumas lojas virtuais registraram alta de mais de 180% em transações.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Com o intuito de ajudar a manter a saúde mental sob controle, durante o período de isolamento, o escritor Paulo Vieira, que teve dois de seus livros no ranking dos mais lidos de 2019 e que já influenciou mais de 40 milhões de pessoas em três continentes, disponibiliza em diversas plataformas digitais os títulos para você dar de presente ou até mesmo se debruçar sobre os conteúdos, sem dúvida alguma, impactarão a sua vida neste momento de pandemia.

foto arquivo

Sobre Paulo Vieira: Escritor mais lido de 2019 com mais e 2 milhões de cópias vendidas, conferencista internacional e PhD Business Administration

pela Florida Christian University, em Orlando, nos Estados Unidos. Autor dos 7 best-sellers O Poder da Ação, Fator de Enriquecimento, Poder e Alta Performance, Foco na Prática, Poder da Autorresponsabilidade, Decifre e Influencie Pessoas e O Poder da Ação para Crianças – os sete livros que estiveram simultaneamente entre os mais vendidos da Veja em agosto/2018.

Influenciou mais de 40 milhões de pessoas em três continentes, através de livros, vídeos e treinamentos. Além de escritor, é preside da Febracis, maior empresa de coaching do mundo, que cresceu 200 vezes em 8 anos e possui 40 unidades no Brasil, EUA, Angola e Portugal.

arquivo

Sobre a Febracis: A Febracis é a maior empresa de coaching do mundo com 40 unidades no Brasil, EUA, Angola e Portugal, que juntas impactaram mais de 40 milhões de pessoas direta e indiretamente ao redor do mundo através do Coaching Integral Sistêmico (CIS), um processo que leva o aluno (coachee) a um estilo de vida que prioriza a inteligência emocional.

Além de ter o maior número de unidades internacionais, possui 16 mil pessoas treinadas todos os meses, 30 mil m² em centros de coaching Febracis, 364 mil sessões realizadas, maior canal de coaching e liderança do Youtube no Brasil, 7 livros best-sellers, e 1,5 milhão de livros vendidos segundo o ranking da Veja e conseguiu registrar um crescimento de 200 vezes em 8 anos. Hoje a Febracis tem   uma plataforma de negócios formada por 14 empresas que além da área de treinamento, engloba setores de alimentação, digital, tecnologia e educação com a instalação de uma universidade que levará o nome da marca.  Somente entre 2011 e 2019, o faturamento da instituição aumentou em quase R$ 200 milhões e a posicionou na liderança do ranking de maior empresa de coaching do mundo, com a estimativa de atingir o faturamento anual de R$ 1 bi em 2023.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

O fundo do posso sem fundo: Fiocruz indica atenção com dengue

Períodos chuvosos atrelados ao calor são favoráveis à proliferação do Aedes aegypti, que é também transmissor do vírus da zika e chikungunya.

Mãe do presidente Jair Bolsonaro morre aos 94 anos

De Uma família humilde do interior de São Paulo, dona Olinda, partiu mas pode ver os feitos do filho. Nossos sentimentos ao @jairmessias.bolsonaro

Coronavac é liberada e SP confirma dose para crianças em até 3 semanas

Eles garantem que o medicamento é seguro, e casos de mortes não são relacionados com a picada salvadora. Se ele garante nós acreditamos na ciência.

Criança de 10 anos infartou depois da picada mas o motivo não foi a vacina

Prefeitura diz que criança teve parada cardíaca após vacina, mas estado rapidamente concluiu que criança tinha doença rara no coração que os pais não sabiam. E nós acreditamos no trancarua

Nogueira esqueceu? Site e redes sociais da prefeitura não fizeram qualquer menção a data

Prefeitura não programou qualquer evento, não fez menção a data, simplesmente não lembraram a data.
- PUBLICIDADE -