InícioEconomiaCoca-Cola Brasil lança novo sabor Coca-Cola Plus Café Espresso

Coca-Cola Brasil lança novo sabor Coca-Cola Plus Café Espresso

- continua após a publicidade -

A combinação perfeita de duas paixões nacionais – café e Coca-Cola – acaba de chegar às gôndolas brasileiras. Coca-Cola Plus Café Espresso, que entra para o portfólio fixo da Coca-Cola Brasil, apresenta a um mercado cada vez mais exigente em relação a qualidade e sabor uma nova experiência – com a chancela de sua marca mais antiga e icônica, mas sempre ligada nas tendências e necessidades de consumo.

Coca-Cola Plus Café Espresso tem a proposta de levar mais entusiasmo e sabor às diferentes atividades do dia a dia intenso em que as pessoas, em especial, os jovens, estão envolvidos hoje. “Queremos oferecer um aliado para quem vive em movimento e precisa de um gás, uma inspiração, para continuar seguindo em frente”, diz Selman Careaga, vice-presidente de Marketing da Coca-Cola Brasil. “Pesquisamos muito para chegar a um gosto bem equilibrado, inspirado no café espresso, característico de uma das mais tradicionais e favoritas formas de preparo de café no mundo”.

Com 40% a mais de cafeína em relação a Coca-Cola original, e 50% menos açúcar, a bebida reafirma o compromisso da Coca-Cola Brasil de oferecer mais opções com menos calorias. Em latinha de 220 ml, a novidade também contempla outro objetivo da empresa, que é ter embalagens menores, mais adaptáveis ao estilo de vida e à ocasião de consumo de cada pessoa.

Segundo lugar no ranking de países que mais consomem café no mundo, de acordo com a Embrapa, o Brasil será um dos primeiros países a lançar Coca-Cola Plus Café Espresso, logo depois de mercados como Japão, Austrália e Vietnã. Mas, aqui, traz uma combinação desenvolvida especialmente para o paladar brasileiro.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Coca-Cola Plus Café Espresso será comercializada em lojas de conveniência, padarias, mercearias, bancas de jornal, supermercados, hipermercados e atacados de todo o Brasil.

Lançamento já disponível no e-commerce da marca:

Sobre a Coca-Cola Brasil

O Sistema Coca-Cola Brasil é o maior produtor de bebidas não alcoólicas do país e atua em nove segmentos — água, café, chás, refrigerantes, néctares, sucos, lácteos, bebidas esportivas e bebidas vegetais — com uma linha de 213 produtos, entre sabores regulares e versões zero ou de baixa caloria. Composto por nove grupos de fabricantes franqueados, mais a parceria com Leão Alimentos e Bebidas, o Sistema emprega diretamente 53,7 mil funcionários, gerando cerca de 600 mil empregos indiretos. Em 2018, o Sistema Coca-Cola Brasil mantém o nível de investimentos do ano passado, de aproximadamente R$ 3 bilhões, e continua apostando em inovar para ampliar seu portfólio, oferecer cada vez mais opções com menos açúcar adicionado  e em incentivar iniciativas que melhorem o desenvolvimento econômico e social das comunidades onde atua. A empresa trabalha para gerar impacto social e ambiental positivos.  Em 2017, passou a contribuir com o acesso à água potável em comunidades rurais e de baixa renda, por meio da aliança Água+ Acesso. Em reciclagem, a empresa tem o objetivo de ajudar a coletar e reciclar o equivalente a 100% de suas embalagens até 2030.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Justiça obriga Globo a publicar direito de resposta a Ana Paula Henkel por ofensas proferidas por Walter Casagrande

Casagrande publicou texto alegando que "uma pessoa intragável, prepotente, arrogante, defensora de armas, que se disfarçou de jogadora de vôlei"

Saúde distribui mais 10 milhões de vacinas para todo o país

De acordo com a pasta, serão distribuídas 4,8 milhões de doses da AstraZeneca, 3,3 milhões da Coronavac e 2,1 milhões da Pfizer.

Oportunidade de emprego: Ribeirão Preto tem 330 vagas em diversas áreas

Confira as opções das funções para vagas e formas de entrar em contato com o contratante. Compartilhe e marque amigos que procuram emprego.

Rayssa Leal, a Fadinha, fatura prata no skate street em Tóquio 2020

Com apenas 13 anos atleta é a mais jovem na história a conquistar uma medalha para o país

De virada Fogão vence o Ituano e cola no G-4

Com a vitória, o Pantera chegou a 16 pontos —mesma pontuação do Ituano, quarto colocado
- PUBLICIDADE -