Início Economia Campanha para diminuir a inadimplência começa a movimentar a Cohab-RP

Campanha para diminuir a inadimplência começa a movimentar a Cohab-RP

- continua após a publicidade -

Uma campanha de negociação com os mutuários inadimplentes (com prestações e parcelamentos da casa própria em atraso) vem aumentando gradativamente o movimento na sede da Cohab-RP. Essa negociação prevê desconto de 50% dos juros de mora sobre os pagamentos efetuados à vista, conforme portaria nº 17/2017, disponibilizada no site da Cohab.

“Nosso objetivo é conscientizar o mutuário para que ele aproveite a oportunidade e preserve sua propriedade. Não queremos tomar a casa de ninguém, mas sim regularizar a situação oferecendo condições favoráveis”, diz o presidente da Cohab-RP, Nilson Baroni.

O prazo para a negociação vai até 28 de dezembro e vale para todos os mutuários em débito, inclusive aqueles que têm ação ajuizada, desde que não haja sentença com trânsito em julgado (sem possibilidade de recorrer).

O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, na sede da empresa, na avenida 13 de Maio, nº 157.  Na região de Fernandópolis, a negociação pode ser feita no escritório regional da empresa naquela cidade.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

O montante de prestações em atraso chega a R$ 5.170.905,98. Desse total, R$ 2.099.671,12 correspondem a inadimplência em Ribeirão Preto, ou seja, 34,87 % dos mutuários ativos.

“A maioria dos devedores já tem ações ajuizadas de Reintegração de Posse, mas estamos dispostos a negociar com todos que não têm sentença definitiva, estudar caso a caso e, ainda, oferecer condições de parcelamento para evitar a retomada do imóvel”, reitera Baroni.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Entidade pede ao STF liberação de cocaína para combater Covid-19

Ivermectina, cloroquina são um perigo para a saúde, mas a cocaína é a salvação na pandemia.

Governador do Texas Anuncia Fim das Restrições e Abertura Total da Economia

O governador também anunciou o fim do uso obrigatório de máscaras no Texas.

Lira: acordo com governadores destina R$ 14,5 bi para saúde

Será criado grupo para acompanhar fabricação de vacina no Brasil

Conselho Federal de Medicina Pressiona Conselhos Regionais Que São Contrários aos Lockdowns

Um grupo de mais de trezentos médicos divulgou um manifesto afirmando que a direção do Conselho Federal de Medicina tem pressionado os conselhos regionais

Número de bilionários dispara na China durante a pandemia

Eles espalharam os pregos na estrada e vendem o remendo, o mundo agradece enquanto eles ficam mais poderosos.
- PUBLICIDADE -